Prazer vegano

Prazer vegano

Fundada em 1862, a Ladurée vem se revelando antenadíssima com relação aos novos hábitos de consumo e tendências alimentares. Com a pandemia global, a grife de doces francesa teve de fechar temporariamente boa parte de suas lojas físicas, espalhadas por mais de 100 países, focando as vendas no e-commerce e cumprindo a entrega dos itens em vários países da Europa em até 48 horas.

Em 2019, a marca já havia surpreendido o mercado ao converter 100% do cardápio de seu salão de chá em Beverly Hills (EUA) em uma sequência de itens veganos orquestrada pelo chef Matthew Kenney. Deu certo.

Hoje, além de oferecer em Los Angeles versões plant-based de doces clássicos como o Plaisir Sucré (foto), a marca, que encerrou sua operação no Brasil em 2016, lançou, em todas as lojas, dois sabores de macarons sem ingredientes de origem animal: caramelo de coco e cacau peruano.

(Nota publicada na edição 1206 da Revista Dinheiro)

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel


Sobre o autor

Luciana Lancellotti é editora de Estilo da DINHEIRO


Mais colunas e blogs


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2021 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.