Economia

Powell é ‘perigoso para comandar Fed’, diz senadora, que votará contra recondução

A senadora democrata Elizabeth Warren (Massachusetts), uma das parlamentares mais importantes da ala democrata do partido no Congresso dos Estados Unidos, anunciou que não apoiará uma possível reindicação de Jerome Powell para presidir o Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) por mais quatro anos, a partir do início de 2022.

“Powell é perigoso para comandar o Federal Reserve e votarei contra sua renomeação”, destacou a senadora de forma inesperada, pois ela nunca havia dito antes de forma clara sua avaliação sobre as chances de Powell continuar no cargo se for apontado pelo presidente Joe Biden. “Uma eventual renomeação de Powell, um republicano, para presidir o Fed é uma aposta que não vale o risco. Temos tantos bons candidatos para o cargo.”

As declarações de Warren podem ser avaliadas como um sinal inicial dos democratas progressistas de que passarão a falar em público para elevar as pressões sobre o presidente Biden para apontar um novo presidente do Federal Reserve.

A candidata mais forte para liderar o Fed caso Powell não seja mantido no posto é a diretora Lael Brainard, favorável ao fim das desregulamentações financeiras adotadas por Jerome Powell.



Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km