Economia

Porta-Voz: Não existe nenhum tipo de racha nas Forças Armadas; somos unidos

Porta-Voz: Não existe nenhum tipo de racha nas Forças Armadas; somos unidos

Presidente da República, Jair Bolsonaro, durante cerimônia alusiva ao 211º Aniversário do Corpo de Fuzileiros NavaisMarcos Corrêa/PR

O porta-voz da Presidência, Otávio do Rêgo Barros, negou que exista algum tipo de racha nas Forças Armadas por causa da proposta de reestruturação de carreira entregue pelo presidente Jair Bolsonaro ao Congresso. “Não existe nenhum tipo de racha nas nossas Forças Armadas. Somos unidos, temos projeto e olhamos para o futuro do País”, afirmou o porta-voz durante briefing no Palácio do Planalto.

Como revelado pelo Estadão, durante o fim de semana circularam em grupos de Whatsapp de militares de patentes inferiores várias versões do pacote da reforma da Previdência da categoria, o que gerou reação negativa e fez com que o Exército divulgasse uma nota de esclarecimento.

“Os chefes militares compreendem as necessidades dos seus subordinados e são os interlocutores junto ao governo dessas demandas e dessas necessidades. Não se faz necessário que os estamentos mais inferiores da nossa carreira tenham a oportunidade de apresentar diretamente à sociedade. Os chefes militares são responsáveis por isso, e fazem isso por dever de Justiça e por princípio de liderança”, disse Rêgo Barros.

Veja também

+ Quarta parcela do auxílio sai hoje (14) para os nascidos em agosto

+ Cunhado de Maradona morre de Covid-19 na Argentina

+ Nazistas ou extraterrestres? Usuário do Google Earth vê grande ‘navio de gelo’ na costa da Antártida

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?