Negócios

Porsche elétrico supera expectativas e deve roubar mercado da Tesla

O Porsche Taycan pode ultrapassar o 911 como o carro mais produzido anualmente pela montadora

Porsche elétrico supera expectativas e deve roubar mercado da Tesla

Modelo deve ser o principal concorrente da Tesla no mercado de carros elétricos

Em janeiro, noticiamos o sucesso do Porsche Taycan, primeiro elétrico da empresa, que já recebeu número acima do esperado de pedidos, fazendo com que a montadora alemã tivesse que aumentar o limite de encomendas, de 20 mil para 40 mil. Meses depois, a Porsche já está com mais de 30 mil pedidos para o Taycan, que pode ultrapassar o 911 – mais antigo modelo da marca – que em 2018 teve produção total de 35,600 modelos, segundo a Bloomberg.

Para além da boa notícia para o grupo alemão, a informação liga um sinal de alerta ainda maior para a Tesla. Isso porque o Taycan chega no mercado para disputar market share com o Model S, bólido de luxo da marca de Elon Musk que poderá perder clientes caso se confirme o sucesso do novo Porsche.

Para atender a crescente demanda, a montadora vem aumentando sua capacidade produtiva nos últimos meses. O cálculo é de que serão necessários 1.500 novos funcionários, sendo que mil deles já foram contratados pela Porsche. Eles passarão por treinamento de seis meses para iniciar os trabalhos na linha de produção do elétrico.

Isso porque os compradores do Taycan são novos consumidores da marca segundo o CEO Klaus Zellmer. Mais da metade dos pedidos de pré-venda vieram de pessoas que não tem ou nunca tiveram um Porsche, indicando que o carro está abrindo uma nova linha de consumidores da montadora alemã.