Giro

Por que as tartarugas vivem muitos anos?

Crédito: Reprodução/Pexels

Há uma certa dificuldade em registrar exatamente quantos anos as tartarugas vivem, devido à longevidade dos humanos ser menor do que desses animais. (Crédito: Reprodução/Pexels)



Tartarugas, cágados e jabutis são quelônios que fazem parte da classe dos répteis e podem viver mais de um século! As espécies maiores, como as tartarugas marinhas, vivem entre 80 a 100 anos. A tartaruga-gigante, maior tartaruga terrestre, pode viver mais de 200 anos.

Há uma certa dificuldade em registrar exatamente quantos anos as tartarugas vivem, devido à longevidade dos humanos ser menor do que desses animais. No entanto, algumas respostas para o segredo das tartarugas são aceitas entre os cientistas.

+ Antibióticos perdem eficácia em tartarugas de Galápagos por causa do contato humano, aponta estudo

Uma das teorias para as tartarugas viverem tantos anos é seu metabolismo lento. O processo de gerar energia para o corpo através da comida e seu respectivo gasto de energia é devagar. Portanto, elas conseguem manter essa dinâmica por longos períodos de tempo.



Um estudo recente também menciona a capacidade de resistência em danos no DNA das tartarugas e a proteção contra erros de replicação na célula, o que pode aumentar sua expectativa de vida.

Outra teoria para a longevidade das tartarugas é sua estratégia evolutiva para passar seus genes de geração em geração. Elas precisam sobressair de predadores, como cobras e roedores que se alimentam dos seus ovos, por exemplo.

Nesse sentido, as tartarugas têm duas estratégias: reproduzir mais de uma vez por ano, gerando uma grande quantidade de ovos e filhotes.


A outra estratégia é sua dura casca, onde elas se protegem de predadores, recolhendo quase totalmente seu corpo.

Além de tudo isso, a maioria dos quelônios terrestres vivem em ilhas onde não ocorre a presença de muitos predadores naturais. Dessa forma, as tartarugas conseguem viver uma vida mais tranquila. Assim como as tartarugas marinhas, que percorrem grandes distâncias do oceano em paz.