Giro

Por que a PEC que define a campanha de Bolsonaro é chamada de Kamicaze?

Crédito: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

A proposta é chamada de Kamikaze por colocar em risco as contas públicas (Crédito: Marcello Casal Jr / Agência Brasil )



A votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC), que prevê uma série de benefícios sociais até o final do ano, deve ser concluída essa semana. Apelidada de PEC das bondades, PEC dos benefícios, PEC do desespero e PEC Kamicaze, a proposta pode sofrer obstruções na votação por falta de acordo entre líderes da oposição e da base do governo sobre a tramitação do texto.

A proposta é chamada de Kamikaze por colocar em risco as contas públicas. São previstos gastos de R$ 41,2 bilhões, acima do teto, que comprometem a política fiscal do país. O impacto financeiro das medidas pode prejudicar os investimentos internacionais, causar desvalorização do real e provocar mais inflação. Com isso, a tendência é de alta dos juros por mais tempo e redução da oferta de emprego.

“Os governos no nosso país sistematicamente gastam mais do que arrecadam há muitas décadas. O desajuste fiscal é o maior problema econômico do Brasil atualmente. O que a PEC kamikaze faz é ampliar esse problema”, afirma o economista Diego Rodrigues.

“Esses custos incluem a própria subida da inflação, porque o aumento dos gastos públicos tende a forçar o aumento de preços pelo lado da demanda. Consequentemente, o Banco Central responderá com mais elevação da taxa de juros, prejudicando a retomada do crescimento econômico no período pós-pandemia”, completa.




5G: O que muda com a chegada da tecnologia no Brasil

O termo PEC do Desespero é justificado por incluir um estado de emergência nacional que favorece o presidente Jair Bolsonaro (PL) e dribla a Lei Eleitoral, que impede, em situação normal, a ampliação ou adoção de benefícios sociais em ano eleitoral, exceto em caso de estado de emergência ou calamidade. Para analistas, Bolsonaro espera que seja possível conseguir votos com a concessão de “bondades”.

“A tática de ampliar gastos públicos em ano eleitoral para aumentar o nível de satisfação popular para com o governo é bastante conhecida, já foi implementada outras vezes e não somente no Brasil. Porém, a legislação costuma impor limites para que o pleito eleitoral não se dê de forma injusta entre os candidatos que estão dentro e fora do governo, e para que a ressaca econômica no longo prazo, para repor as contas públicas em ordem, não seja severa demais”, explica Rodrigues.


O apelido de PEC dos benefícios vem das medidas de ampliação dos auxílios e criação de novos benefícios a transportadores autônomos e taxistas. O texto também amplia o Auxílio Brasil e o Vale-gás:

Auxílio Brasil: ampliação de R$ 400 para R$ 600 mensais e previsão de cadastro de 1,6 milhão de novas famílias no programa. Custo estimado: R$ 26 bilhões;

Caminhoneiros autônomos: criação de um “voucher” de R$ 1 mil. Custo estimado: R$ 5,4 bilhões;

Auxílio-Gás: Ampliação de R$ 53 para o valor de um botijão a cada dois meses. Custo estimado: R$ 1,05 bilhão;

Transporte gratuito de idosos: compensação aos estados para atender a gratuidade, já prevista em lei, do transporte público de idosos. Custo estimado: R$ 2,5 bilhões;

Auxílio para taxistas: benefícios para taxistas devidamente registrados até 31 de maio de 2022. Custo estimado: R$ 2 bilhões;

Alimenta Brasil: repasse de R$ 500 milhões ao programa Alimenta Brasil, que prevê a compra de alimentos produzidos por agricultores familiares e distribuição às famílias em insegurança alimentar;

Etanol: Repasse de até R$ 3,8 bilhões, por meio de créditos tributários, para a manutenção da competitividade do etanol sobre a gasolina.

“A principal armadinha por trás da proposta dessa PEC é que ela vem disfarçada de política social. Com a desculpa de proteger os mais vulneráveis que se deparam com a alta da inflação e, especificamente, do preço dos combustíveis, a classe política se constrange a evitar que esse arrombo das contas públicas se realize, principalmente em ano de eleições”, afirma o economista.

“A proposta dessa PEC, no entanto, com o reconhecimento de um Estado de Emergência, legitimando o desajuste fiscal com políticas sociais, se aproveitando da vulnerabilidade de uma sociedade já tão empobrecida como está a nossa, faz com que a expressão “PEC do desespero” faça ainda mais sentido – porque esse será o nosso sentimento em pouco tempo se, de fato, ela for aprovada”, finaliza Rodrigues.






Tópicos

Alimenta Brasil alta combustíveis aprovação até quando vai o auxílio brasil? audiência auxilio brasil auxílio brasil 2022 Auxílio Brasil 30 bilhões auxílio Brasil 400 para 600 Auxílio Brasil anúncio Auxílio Brasil baixas na equipe econômica Auxílio Brasil Bolsa Família Auxílio Brasil bolsonaro Auxílio Brasil Bolsonaro anuncia nesta quarta auxilio brasil cadastro auxílio Brasil Cadúnico auxílio Brasil caixa paga NIS final 8 Auxílio Brasil calendário 2022 Auxílio Brasil começa hoje 10 de dezembro auxilio brasil como consultar auxílio Brasil como consultar CPF auxílio brasil como se inscrever? auxilio brasil consulta Auxílio Brasil CPF auxílio Brasil extra-teto auxílio Brasil famílias Auxílio Brasil fevereiro auxílio Brasil fonte Auxílio Brasil Funchal Auxílio Brasil guedes auxílio Brasil impostos auxílio Brasil inflação Auxílio Brasil João Roma benefício complementar Auxílio Brasil João Roma Ministro da cidadania Auxílio Brasil manobra teto de gastos Auxílio Brasil março 2022 auxílio brasil ministério da cidadania auxílio Brasil NIS final 0 Auxílio Brasil novo Bolsa Família 2022 auxílio Brasil novo valor Auxílio Brasil o que muda auxílio Brasil paga nesta quinta 14 de abril auxilio Brasil pagamentos hoje NIS final 4 22 de junho 2022 Auxílio Brasil parte fora do teto Auxílio Brasil por que o governo recuou auxílio brasil quando começa Auxílio Brasil quando será anunciado Auxílio Brasil quem não está de acordo auxílio brasil quem pode receber auxílio Brasil quem pode se inscrever auxílio brasil reajuste 17% auxílio brasil reajuste menor auxílio brasil regras auxílio Brasil renda auxílio Brasil site Auxílio Brasil valor auxílio Brasil votos câmara auxílio eleições 2022 auxílio prorrogação auxílio temporário 2022 auxílio-taxista benefícios sociais às vésperas da eleição emergência eleitoral benefícios sociais às vésperas da eleição quem votou Benefícios sociais PEC dos biocombustíveis carona Bezerra bolsa família auxílio 2022 Bolsonaro Caio Paes de Andrade Caio Paes de Andrade assumiu Petrobras Caio Paes de Andrade presidente Petrobras Caixa começa a pagar auxílio Brasil de março Caixa paga auxílio Brasil Nis 0 Câmara ciaxa paga hoje auxílio Brasil NIS final CNM protesto congresso terça 5 de julho combustíveis Congresso dados apresentados deputados em audiência pública na Câmara dados foram apresentados a deputados em audiência pública diesel diesel também cairia cerca de 2% estado de emergência etanol etanol teria redução de 6% gás de cozinha passaria de R$ 112 para R$ 110 gasolina governo medidas para reduzir preço combustíveis governo não quer aumento auxílio 600 Guedes caiu? guedes demissão ICMS ICMS combustíveis ICMS gasolina ICMS preço combustíveis ICMS sobre combustíveis Lei complementar 194/2022 Lei complementar 194/2022 limite cobrança ICMS Lei complementar 194/2022 limitou cobrança ICMS Lei complementar 194/2022 limitou cobrança ICMS combustíveis Lei complementar 194/2022 limitou ICMS de combustíveis Lei complementar 194/2022 preço combustíveis limitação à cobrança do ICMS sobre combustíveis limitação cobrança ICMS redução preço combustíveis limite ICMS redução preço combustíveis medidas adotadas pelo governo gasolina medidas adotadas pelo governo gasolina passaria de R$ 7 ara R$ 5 medidas governo e legislativo pela redução preço combustíveis medidas ICMS redução preço combustíveis ministro de Minas e Energia ministro de Minas e Energia Adolfo Sachsida o que falta para aprovar auxílio de 400 óleo diesel B S-10 também teria redução oposição quer aumento auxílio 600 Pacheco Auxílio Brasil pacote do desespero PEC PEC 16 PEC 16 José Serra Pec benefícios tira receita dos municípios pec combustíveis benefícios sociais às vésperas da eleição PEC das bondades PEC das bontades Confederação nacional dos municípios protesto congresso PEC dos benefícios PEC dos biocombustíveis Lira pec dos combustiveis PEC que amplia benefícios sociais Petrobras Petrobras privada ou estatal Sachsida política por que a gasolina esta cara por que o diesel está caro? por que os combustíveis estão subindo posto extra preço gasolina hoje preço preço combustíveis preço combustíveis queda preço combustíveis queda medidas governo e legislativo preço combustível ANP preço combustível Brasil preço da gasolina passaria a ficar cerca de R$ 5 média nacional preço dos combustíveis Preço gasolina Brasil histórico preço gasolina extra guarulhos preço gasolina guarulhos 2022 preço gasolina guarulhos hoje Preço gasolina México preço gasolina São Paulo preço gasolina sp hoje prefeitos manifestação congresso PEC tira receita proposta de distribuição de renda 2022 protesto prefeitos Qual o preço da gasolina? quando começa Auxílio Brasil Quanto custa o litro da gasolina em Guarulhos? Quanto foi o litro da gasolina? quarto presidente da Petrobras indicado pelo governo Bolsonaro queda nos preços dos combustíveis quem paga o Auxílio Brasil? quem recebe Auxílio Brasil hoje redução combustíveis dados do governo redução de mais de 2% gás de cozinha redução de mais de 2% GLP redução dos preços combustíveis redução preço combustíveis medidas governo redução preço gasolina ICMS renda brasil 2022 Sachsida momento da sociedade decidir se quer Petrobras privada ou estatal Senado SUPRESSÃO teto ICMS impacto preço combustíveis tramitação congresso PEC benefícios sociais tributos federais para o botijão estão zerados de forma permanente troca de comando da Petrobras desafio valor 180 400 votação