Sustentabilidade

Poluição por plástico nos oceanos gera perdas de R$ 9,5 trilhões

Poluição por plástico nos oceanos gera perdas de R$ 9,5 trilhões

Poluição de plástico em Ouzai, no sul de Beyrouth, em 19 de julho de 2018 - AFP/Arquivos

A poluição dos mares afeta diferentes setores da economia, atingindo as indústrias de turismo, transporte e pesca, além de acelerar e intensificar os efeitos das mudanças climáticas. Os prejuízos para o bem-estar da população e para a saúde humana são impossíveis de mensurar. Na véspera do Dia do Combate à Poluição, 14 de agosto, dados do Marine Pollution Bulletin calculam o prejuízo que a poluição plástica dos oceanos gera anualmente à economia global: US$ 2,5 trilhões, o equivalente a R$ 9,5 trilhões. Segundo a pesquisa, 8 milhões de toneladas de resíduos são despejadas irregularmente nos mares de todo o mundo a cada ano. Em janeiro, uma aliança global formada por 30 empresas, incluindo a brasileira Braskem, divulgou um programa de investimentos da ordem de US 1,5 bilhão nos próximos 5 anos para minimizar o impacto do uso de plásticos e criar alternativas para seu descarte na natureza. Integram a iniciativa as multinacionais Dow, ExxonMobil e Procter & Gamble, Henkel e Shell, entre outras.