Giro

Policial e dois agressores morrem em troca de tiros no Paquistão

Policial e dois agressores morrem em troca de tiros no Paquistão

(Arquivo) Capital do Paquistão, Islamabad - AFP

Um policial morreu, e dois ficaram feridos em um tiroteio na capital do Paquistão, Islamabad, onde dois agressores também foram mortos – disseram autoridades nesta terça-feira (18).

O tiroteio começou na noite de segunda-feira, quando dois homens armados em uma motocicleta abriram fogo contra um posto policial.



O Ministério do Interior ordenou uma investigação do incidente, um caso raro nesta capital fortemente vigiada.

Nenhum grupo assumiu a autoria do ataque, mas o Paquistão enfrenta um ressurgimento dos talibãs locais depois que o grupo recuperou o poder no Afeganistão no ano passado.

Shahid Zaman, um policial de Islamabad, disse à AFP que foi “um ato de terrorismo”.

+ Especialista revela o segredo dos bilionários da bolsa. Inscreva-se agora e aprenda!


Tehreek e Taliban Pakistan (TTP) é um movimento separado que compartilha raízes com o grupo afegão.

O governo paquistanês anunciou no ano passado que alcançou uma trégua de um mês com o TTP, com a ajuda dos talibãs afegãos. Este breve cessar-fogo expirou em 9 de dezembro, devido à falta de avanços nas negociações de paz.


O TTP foi responsabilizado por centenas de sequestros e atentados suicidas em todo país e chegou a controlar grandes extensões do território, onde impuseram sua visão radical da lei islâmica.