Geral

Polícia queima 90 mil pés de maconha na Bahia

Uma operação policial queimou 90 mil pés de maconha prontos para serem colhidos no interior da Bahia na quarta-feira, 9. A plantação estava a 50 quilômetros da cidade de Mirangaba, na região norte do Estado.

A ação, coordenada pela 16ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), teve apoio de drones para localizar a plantação, que tinha estrutura de irrigação por gotejamento e poços artesianos. A Polícia Civil informou, em nota, que quatro homens presentes no local no momento da ação trocaram tiros com policiais. Os suspeitos conseguiram fugir após entrarem na caatinga.

Segundo a nota, a droga seria vendida por mais de R$ 1 milhão. A polícia informa que a investigação para identificar os proprietários do terreno, do plantio e seus investidores continua. A droga foi queimada.

Em 4 de julho, a Coorpin queimou outros 115 mil pés de maconha na região de Mirangaba. Na ocasião também houve troca de tiros com os homens que cuidavam das drogas.

Mais drogas

Três toneladas de maconha foram apreendidas na manhã desta quinta-feira, 10, na região de Feira de Santana, uma das principais cidades da Bahia. A droga foi encontrada em um caminhão na rodovia BR-116, que liga o Rio Grande do Sul ao Ceará. Segundo a polícia, o destino da maconha era Salvador. A operação foi uma parceria da Secretaria de Segurança Pública e das polícias Federal e Rodoviária Federal.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

Tópicos

Bahia maconha