Giro

Polícia paulista prende 333 pessoas no sábado de carnaval


Pelo menos 333 pessoas foram detidas em todo o estado de São Paulo durante o sábado de carnaval, e acordo com dados do governo estadual. Foram abordadas 36.711 na chamada Operação Carnaval Mais Seguro, que levou às ruas 23 mil policiais para reforçar a segurança durante a folia paulista.

Na região da Praça da República, no Centro da capital, foi preso um homem que atacou um motorista com uma faca. Ele foi detido por policiais militares e encaminhado ao 2ª DP. A vítima foi socorrida à Santa Casa de Misericórdia. Ainda na capital paulista, policiais civis prenderam duas venezuelanas na região do Ibirapuera. As criminosas foram flagradas por policiais civis com mais de 30 telefones celulares produtos de roubo ou furto. O caso foi registrado no 78º DP.

Nas estradas, a Polícia Rodoviária prendeu duas pessoas que transportavam um fuzil, três submetralhadoras, quatro pistolas, cinco carabinas, 200 munições e 38 carregadores. Os detidos estavam em dois veículos que foram abordados por uma equipe do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR) na cidade de Taquarivaí, no interior.

Ao longo do sábado de carnaval, 39 aparelhos celulares foram apreendidos, sendo quatro recuperados, produtos de roubos ou furtos, e 35 sem origem comprovada para averiguação. No período também foram recuperados 74 veículos, 16 quilos de entorpecentes apreendidos e 18 armas retiradas das ruas.

Foram feitas ainda 24.531 fiscalizações de veículos. Os condutores foram submetidos ao teste do etilômetro, resultando em 226 autuações por dirigir alcoolizados ou depois de terem usado substâncias psicoativas. Outros 441 foram presos por se recusarem a realizar o teste, outros 10 em flagrante pelo artigo 306 do Código Brasileiro de Trânsito.