Giro

Polícia faz operação contra quadrilha de agiotagem em cinco estados

Policiais civis cumprem hoje (16) 65 mandados de prisão preventiva, além de mandados de busca e apreensão, contra acusados de agiotagem e extorsão no Rio de Janeiro. A operação Ábaco está sendo realizada também em Santa Catarina, Ceará, Minas Gerais e Espírito Santo.

Segundo a Polícia Civil do Rio de Janeiro, esse é o maior grupo criminoso de agiotagem do estado. Até as 7h30 de hoje, 24 pessoas já tinham sido presas.

As investigações, iniciadas há quase um ano, revelaram que a organização criminosa cobrava juros abusivos, que muitas vezes superavam 30% ao mês, além de receber dívidas antigas que já tinham sido pagas.

O grupo ainda praticava extorsão cobrando dívidas relativas a empréstimos que nunca existiram. De posse de dados das vítimas e de parentes delas, a quadrilha também fazia ameaças para provocar medo nas pessoas.



De acordo com a Polícia Civil, a organização criminosa chegou a manter 70 escritórios em várias cidades brasileiras.

Veja também
+ Como podcasts podem ajudar na educação financeira do brasileiro
+ Mistério: mulher descobre que não é a mãe biológica de seus próprios filhos
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km