Economia

PMI composto da zona do euro tem queda inesperada a 50,3 em novembro

O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto da zona do euro, que engloba os setores industrial e de serviços, caiu de 50,6 em outubro para 50,3 em novembro, segundo dados preliminares divulgados hoje pela IHS Markit. O resultado frustrou a expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam alta a 50,8, e mostra que a atividade econômica no bloco está mais próxima da estagnação.

Apenas o PMI de serviços da zona do euro recuou de 52,2 em outubro para 51,5 em novembro, atingindo o menor nível em dez meses e também a frustrando projeção do mercado, que era de avanço a 52,5.

Já o PMI industrial do bloco subiu de 45,9 em outubro para 46,6 em novembro, tocando o maior patamar em três meses e superando levemente a previsão de analistas, de aumento a 46,5. Neste caso, a leitura abaixo da barreira de 50 indica contração no segmento.

Veja também

+ Quarta parcela do auxílio sai hoje (14) para os nascidos em agosto

+ Cunhado de Maradona morre de Covid-19 na Argentina

+ Nazistas ou extraterrestres? Usuário do Google Earth vê grande ‘navio de gelo’ na costa da Antártida

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

Tópicos

Europa PMI