Giro

PIS/Pasep: Abono salarial de 2020 fica para ano que vem; e agora?

Crédito: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

O valor do abono pode chegar a R$ 1.100 (Crédito: Marcello Casal Jr / Agência Brasil)

O abono salarial do Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) referente ao ano-base 2020 foi adiado para o ano que vem. O prazo para retirada de até um salário mínimo, ou seja R$ 1.100, deveria ter sido aberto em julho, porém o calendário ainda não foi divulgado.  



A decisão de adiar os pagamentos é da Controladoria-Geral da União ao Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat). As regras para recebimento continuam as mesmas. É preciso ter trabalhado com carteira assinada pelo menos 30 dias do ano passado. O valor do abono pode chegar a R$ 1.100 e varia proporcionalmente ao tempo trabalhado.

Mais 2 trabalhadores de plataformas de petróleo morrem de covid, diz ANP

O novo calendário de pagamentos deve ser liberado em janeiro e os pagamentos devem ser realizados em fevereiro, de acordo com o portal Jornal Contábil.

É possível que governo federal pague em 2022 os valores referentes a 2020 e 2021, dobrando o valor para até R$ 2.200.




Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?