Agronegócio

Pilgrim’s Pride reverte prejuízo e tem lucro de US$ 92,1 milhões no 4º tri


São Paulo, 21 – A processadora norte-americana de carne de frango Pilgrim’s Pride, controlada pela brasileira JBS, obteve lucro líquido de US$ 92,08 milhões, ou US$ 0,37 por ação, no quarto trimestre de 2019, informou a companhia na quinta-feira, 20, após o fechamento do mercado. Em igual período do ano anterior, a Pilgrim’s tinha registrado prejuízo de US$ 7,324 milhões, ou US$ 0,03 por ação. As vendas líquidas aumentaram 15% na mesma comparação, passando de US$ 2,66 bilhões para US$ 3,06 bilhões.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado aumentou 45,6%, para US$ 161,6 milhões. A margem Ebitda ajustado passou de 4,2% para 5,3%.

Os resultados a partir de 15 de outubro de 2019 incluem a produtora de carne suína e alimentos preparados Tulip, do Reino Unido, comprada pela Pilgrim’s por cerca de 290 milhões de libras esterlinas.

A companhia disse que seu desempenho operacional nos Estados Unidos continuou melhorando no quarto trimestre, embora o setor de commodities tenha representando um desafio.

O CEO da Pilgrim’s, Jayson Penn, destacou que a unidade de alimentos preparados nos EUA continuou evoluindo, “refletindo os investimentos feitos nos últimos anos”.

No México, as condições macroeconômicas mais fracas no quarto trimestre trouxeram incertezas. Embora o volume de vendas tenha aumentado de forma sólida, os preços ficaram abaixo da expectativa. “Apesar do ambiente de mercado difícil no quarto trimestre, nosso negócio no México manteve um bom desempenho operacional em comparação com outras empresas do setor”, disse Penn.

Os resultados das operações europeias continuaram melhorando, refletindo, entre outros fatores, maior eficiência operacional e investimentos em automação, segundo a Pilgrim’s.