Economia

PIB da Argentina cai 5,4% no 1º trimestre na comparação anual

Crédito: Governo da Argentina

Entre os setores, houve queda de 6,6% no consumo privado, na comparação anual, e de 0,7% no consumo público (Crédito: Governo da Argentina)

O Produto Interno Bruto (PIB) da Argentina registrou queda de 5,4% no primeiro trimestre, na comparação com igual período do ano passado. Além disso, o PIB caiu 4,8% em relação ao quarto trimestre de 2019, na série sem ajustes sazonais, informou nesta terça-feira, 23, o Instituto Nacional de Estatística e Censos (Indec).

Em seu relatório, o Indec explica que a estimativa para a atividade nacional no primeiro trimestre incluiu ajustes por causa da pandemia da covid-19, seguindo as diretrizes internacionais sobre o tema.

+ Argentina alcança os 1.000 mortos por coronavírus
+ Sem acordo com credores, Argentina prorroga negociação da dívida em 5 semanas 

O Indec detalha esses ajustes em nota metodológica no próprio documento, disponível em seu site.

Entre os setores, houve queda de 6,6% no consumo privado, na comparação anual, e de 0,7% no consumo público.

No caso da formação bruta de capital fixo, a queda é ainda mais acentuada, de 18,3% ante o primeiro trimestre de 2019, diz o Indec, enquanto as exportações recuaram 4,7% na mesma comparação e as importações caíram 16,0%.

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?