Giro

Pfizer/CEO: daremos 2 bilhões de doses de vacina contra covid-19 a países pobres

O executivo-chefe da Pfizer, Albert Bourla, afirmou nesta terça-feira, 8, que a empresa dará 2 bilhões de doses de vacina contra a covid-19 para os países mais pobres do mundo, em 2021 e 2022, sendo 1 bilhão delas a cada ano. A declaração foi dada durante o evento virtual da GZERO Media.

Em sua fala, Bourla comentou que a Pfizer só não consegue produzir ainda mais vacinas por causa da falta de matéria-prima disponível. Segundo ele, a empresa elevou sua capacidade “de modo dramático” para conseguir atender à forte demanda por esse imunizante.

Bourla ainda disse que nenhuma das variantes do vírus surgidas até agora é resistente à vacina. Segundo ele, pode ocorrer de uma cepa futura seja resistente e é preciso estar preparado para essa eventualidade. O executivo disse que a empresa tem a capacidade de produzir uma nova versão da vacina resistente a uma nova cepa eventual em 100 dias, se necessário.



Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km