Geral

PF estoura organização que usava helicóptero para tráfico droga

A Polícia Federal em São Paulo prendeu duas pessoas na manhã deste sábado, 13, envolvidas no tráfico internacional e que utilizavam aeronaves para trazer droga do Paraguai para o Brasil. Após um ano de investigação, os federais conseguiram mapear o trajeto feito pelo grupo e prenderam em flagrantes os traficantes quando eles reabasteciam um helicóptero em um matagal na cidade de Presidente Prudente, interior de São Paulo.

Durante a ação, batizada de Flying Low (voando baixo, em inglês), a PF também apreendeu cerca de meia tonelada de cocaína que era transportada pelo helicóptero. Segundo a PF, a organização criminosa buscava a droga no Paraguai e a levava para o Estado de São Paulo.

A aeronave apreendida está avaliada em R$ 4 milhões. O flagrante foi possível, diz a PF, porque o helicóptero não tem autonomia para completar todo o percurso feito pelos traficantes e, por isso, era necessário realizar uma parada para reabastecimento.

Além de 20 policiais federais, a Flying Low teve o apoio aéreo do Comando de Aviação Operacional (Caop) da PF e da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Além da aeronave, a PF apreendeu armas, veículos e dinheiro em espécie.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

Geral

PF estoura organização que usava helicóptero para tráfico droga

A Polícia Federal em São Paulo prendeu duas pessoas na manhã deste sábado, 13, envolvidas no tráfico internacional e que utilizavam aeronaves para trazer droga do Paraguai para o Brasil. Após um ano de investigação, os federais conseguiram mapear o trajeto feito pelo grupo e prenderam em flagrantes os traficantes quando eles reabasteciam um helicóptero em um matagal na cidade de Presidente Prudente, interior de São Paulo.

Durante a ação, batizada de Flying Low (voando baixo, em inglês), a PF também apreendeu cerca de meia tonelada de cocaína que era transportada pelo helicóptero. Segundo a PF, a organização criminosa buscava a droga no Paraguai e a levava para o Estado de São Paulo.

A aeronave apreendida está avaliada em R$ 4 milhões. O flagrante foi possível, diz a PF, porque o helicóptero não tem autonomia para completar todo o percurso feito pelos traficantes e, por isso, era necessário realizar uma parada para reabastecimento.

Além de 20 policiais federais, a Flying Low teve o apoio aéreo do Comando de Aviação Operacional (Caop) da PF e da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Além da aeronave, a PF apreendeu armas, veículos e dinheiro em espécie.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

Geral

PF estoura organização que usava helicóptero para tráfico droga

A Polícia Federal em São Paulo prendeu duas pessoas na manhã deste sábado, 13, envolvidas no tráfico internacional e que utilizavam aeronaves para trazer droga do Paraguai para o Brasil. Após um ano de investigação, os federais conseguiram mapear o trajeto feito pelo grupo e prenderam em flagrantes os traficantes quando eles reabasteciam um helicóptero em um matagal na cidade de Presidente Prudente, interior de São Paulo.

Durante a ação, batizada de Flying Low (voando baixo, em inglês), a PF também apreendeu cerca de meia tonelada de cocaína que era transportada pelo helicóptero. Segundo a PF, a organização criminosa buscava a droga no Paraguai e a levava para o Estado de São Paulo.

A aeronave apreendida está avaliada em R$ 4 milhões. O flagrante foi possível, diz a PF, porque o helicóptero não tem autonomia para completar todo o percurso feito pelos traficantes e, por isso, era necessário realizar uma parada para reabastecimento.

Além de 20 policiais federais, a Flying Low teve o apoio aéreo do Comando de Aviação Operacional (Caop) da PF e da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Além da aeronave, a PF apreendeu armas, veículos e dinheiro em espécie.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

Geral

PF estoura organização que usava helicóptero para tráfico droga

A Polícia Federal em São Paulo prendeu duas pessoas na manhã deste sábado, 13, envolvidas no tráfico internacional e que utilizavam aeronaves para trazer droga do Paraguai para o Brasil. Após um ano de investigação, os federais conseguiram mapear o trajeto feito pelo grupo e prenderam em flagrantes os traficantes quando eles reabasteciam um helicóptero em um matagal na cidade de Presidente Prudente, interior de São Paulo.

Durante a ação, batizada de Flying Low (voando baixo, em inglês), a PF também apreendeu cerca de meia tonelada de cocaína que era transportada pelo helicóptero. Segundo a PF, a organização criminosa buscava a droga no Paraguai e a levava para o Estado de São Paulo.

A aeronave apreendida está avaliada em R$ 4 milhões. O flagrante foi possível, diz a PF, porque o helicóptero não tem autonomia para completar todo o percurso feito pelos traficantes e, por isso, era necessário realizar uma parada para reabastecimento.

Além de 20 policiais federais, a Flying Low teve o apoio aéreo do Comando de Aviação Operacional (Caop) da PF e da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Além da aeronave, a PF apreendeu armas, veículos e dinheiro em espécie.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

Geral

PF estoura organização que usava helicóptero para tráfico droga

A Polícia Federal em São Paulo prendeu duas pessoas na manhã deste sábado, 13, envolvidas no tráfico internacional e que utilizavam aeronaves para trazer droga do Paraguai para o Brasil. Após um ano de investigação, os federais conseguiram mapear o trajeto feito pelo grupo e prenderam em flagrantes os traficantes quando eles reabasteciam um helicóptero em um matagal na cidade de Presidente Prudente, interior de São Paulo.

Durante a ação, batizada de Flying Low (voando baixo, em inglês), a PF também apreendeu cerca de meia tonelada de cocaína que era transportada pelo helicóptero. Segundo a PF, a organização criminosa buscava a droga no Paraguai e a levava para o Estado de São Paulo.

A aeronave apreendida está avaliada em R$ 4 milhões. O flagrante foi possível, diz a PF, porque o helicóptero não tem autonomia para completar todo o percurso feito pelos traficantes e, por isso, era necessário realizar uma parada para reabastecimento.

Além de 20 policiais federais, a Flying Low teve o apoio aéreo do Comando de Aviação Operacional (Caop) da PF e da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Além da aeronave, a PF apreendeu armas, veículos e dinheiro em espécie.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

Geral

PF estoura organização que usava helicóptero para tráfico droga

A Polícia Federal em São Paulo prendeu duas pessoas na manhã deste sábado, 13, envolvidas no tráfico internacional e que utilizavam aeronaves para trazer droga do Paraguai para o Brasil. Após um ano de investigação, os federais conseguiram mapear o trajeto feito pelo grupo e prenderam em flagrantes os traficantes quando eles reabasteciam um helicóptero em um matagal na cidade de Presidente Prudente, interior de São Paulo.

Durante a ação, batizada de Flying Low (voando baixo, em inglês), a PF também apreendeu cerca de meia tonelada de cocaína que era transportada pelo helicóptero. Segundo a PF, a organização criminosa buscava a droga no Paraguai e a levava para o Estado de São Paulo.

A aeronave apreendida está avaliada em R$ 4 milhões. O flagrante foi possível, diz a PF, porque o helicóptero não tem autonomia para completar todo o percurso feito pelos traficantes e, por isso, era necessário realizar uma parada para reabastecimento.

Além de 20 policiais federais, a Flying Low teve o apoio aéreo do Comando de Aviação Operacional (Caop) da PF e da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Além da aeronave, a PF apreendeu armas, veículos e dinheiro em espécie.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

Geral

PF estoura organização que usava helicóptero para tráfico droga

A Polícia Federal em São Paulo prendeu duas pessoas na manhã deste sábado, 13, envolvidas no tráfico internacional e que utilizavam aeronaves para trazer droga do Paraguai para o Brasil. Após um ano de investigação, os federais conseguiram mapear o trajeto feito pelo grupo e prenderam em flagrantes os traficantes quando eles reabasteciam um helicóptero em um matagal na cidade de Presidente Prudente, interior de São Paulo.

Durante a ação, batizada de Flying Low (voando baixo, em inglês), a PF também apreendeu cerca de meia tonelada de cocaína que era transportada pelo helicóptero. Segundo a PF, a organização criminosa buscava a droga no Paraguai e a levava para o Estado de São Paulo.

A aeronave apreendida está avaliada em R$ 4 milhões. O flagrante foi possível, diz a PF, porque o helicóptero não tem autonomia para completar todo o percurso feito pelos traficantes e, por isso, era necessário realizar uma parada para reabastecimento.

Além de 20 policiais federais, a Flying Low teve o apoio aéreo do Comando de Aviação Operacional (Caop) da PF e da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Além da aeronave, a PF apreendeu armas, veículos e dinheiro em espécie.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

Geral

PF estoura organização que usava helicóptero para tráfico droga

A Polícia Federal em São Paulo prendeu duas pessoas na manhã deste sábado, 13, envolvidas no tráfico internacional e que utilizavam aeronaves para trazer droga do Paraguai para o Brasil. Após um ano de investigação, os federais conseguiram mapear o trajeto feito pelo grupo e prenderam em flagrantes os traficantes quando eles reabasteciam um helicóptero em um matagal na cidade de Presidente Prudente, interior de São Paulo.

Durante a ação, batizada de Flying Low (voando baixo, em inglês), a PF também apreendeu cerca de meia tonelada de cocaína que era transportada pelo helicóptero. Segundo a PF, a organização criminosa buscava a droga no Paraguai e a levava para o Estado de São Paulo.

A aeronave apreendida está avaliada em R$ 4 milhões. O flagrante foi possível, diz a PF, porque o helicóptero não tem autonomia para completar todo o percurso feito pelos traficantes e, por isso, era necessário realizar uma parada para reabastecimento.

Além de 20 policiais federais, a Flying Low teve o apoio aéreo do Comando de Aviação Operacional (Caop) da PF e da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Além da aeronave, a PF apreendeu armas, veículos e dinheiro em espécie.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

Geral

PF estoura organização que usava helicóptero para tráfico droga

A Polícia Federal em São Paulo prendeu duas pessoas na manhã deste sábado, 13, envolvidas no tráfico internacional e que utilizavam aeronaves para trazer droga do Paraguai para o Brasil. Após um ano de investigação, os federais conseguiram mapear o trajeto feito pelo grupo e prenderam em flagrantes os traficantes quando eles reabasteciam um helicóptero em um matagal na cidade de Presidente Prudente, interior de São Paulo.

Durante a ação, batizada de Flying Low (voando baixo, em inglês), a PF também apreendeu cerca de meia tonelada de cocaína que era transportada pelo helicóptero. Segundo a PF, a organização criminosa buscava a droga no Paraguai e a levava para o Estado de São Paulo.

A aeronave apreendida está avaliada em R$ 4 milhões. O flagrante foi possível, diz a PF, porque o helicóptero não tem autonomia para completar todo o percurso feito pelos traficantes e, por isso, era necessário realizar uma parada para reabastecimento.

Além de 20 policiais federais, a Flying Low teve o apoio aéreo do Comando de Aviação Operacional (Caop) da PF e da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Além da aeronave, a PF apreendeu armas, veículos e dinheiro em espécie.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

Geral

PF estoura organização que usava helicóptero para tráfico droga

A Polícia Federal em São Paulo prendeu duas pessoas na manhã deste sábado, 13, envolvidas no tráfico internacional e que utilizavam aeronaves para trazer droga do Paraguai para o Brasil. Após um ano de investigação, os federais conseguiram mapear o trajeto feito pelo grupo e prenderam em flagrantes os traficantes quando eles reabasteciam um helicóptero em um matagal na cidade de Presidente Prudente, interior de São Paulo.

Durante a ação, batizada de Flying Low (voando baixo, em inglês), a PF também apreendeu cerca de meia tonelada de cocaína que era transportada pelo helicóptero. Segundo a PF, a organização criminosa buscava a droga no Paraguai e a levava para o Estado de São Paulo.

A aeronave apreendida está avaliada em R$ 4 milhões. O flagrante foi possível, diz a PF, porque o helicóptero não tem autonomia para completar todo o percurso feito pelos traficantes e, por isso, era necessário realizar uma parada para reabastecimento.

Além de 20 policiais federais, a Flying Low teve o apoio aéreo do Comando de Aviação Operacional (Caop) da PF e da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Além da aeronave, a PF apreendeu armas, veículos e dinheiro em espécie.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

Geral

PF estoura organização que usava helicóptero para tráfico droga

A Polícia Federal em São Paulo prendeu duas pessoas na manhã deste sábado, 13, envolvidas no tráfico internacional e que utilizavam aeronaves para trazer droga do Paraguai para o Brasil. Após um ano de investigação, os federais conseguiram mapear o trajeto feito pelo grupo e prenderam em flagrantes os traficantes quando eles reabasteciam um helicóptero em um matagal na cidade de Presidente Prudente, interior de São Paulo.

Durante a ação, batizada de Flying Low (voando baixo, em inglês), a PF também apreendeu cerca de meia tonelada de cocaína que era transportada pelo helicóptero. Segundo a PF, a organização criminosa buscava a droga no Paraguai e a levava para o Estado de São Paulo.

A aeronave apreendida está avaliada em R$ 4 milhões. O flagrante foi possível, diz a PF, porque o helicóptero não tem autonomia para completar todo o percurso feito pelos traficantes e, por isso, era necessário realizar uma parada para reabastecimento.

Além de 20 policiais federais, a Flying Low teve o apoio aéreo do Comando de Aviação Operacional (Caop) da PF e da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Além da aeronave, a PF apreendeu armas, veículos e dinheiro em espécie.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

Geral

PF estoura organização que usava helicóptero para tráfico droga

A Polícia Federal em São Paulo prendeu duas pessoas na manhã deste sábado, 13, envolvidas no tráfico internacional e que utilizavam aeronaves para trazer droga do Paraguai para o Brasil. Após um ano de investigação, os federais conseguiram mapear o trajeto feito pelo grupo e prenderam em flagrantes os traficantes quando eles reabasteciam um helicóptero em um matagal na cidade de Presidente Prudente, interior de São Paulo.

Durante a ação, batizada de Flying Low (voando baixo, em inglês), a PF também apreendeu cerca de meia tonelada de cocaína que era transportada pelo helicóptero. Segundo a PF, a organização criminosa buscava a droga no Paraguai e a levava para o Estado de São Paulo.

A aeronave apreendida está avaliada em R$ 4 milhões. O flagrante foi possível, diz a PF, porque o helicóptero não tem autonomia para completar todo o percurso feito pelos traficantes e, por isso, era necessário realizar uma parada para reabastecimento.

Além de 20 policiais federais, a Flying Low teve o apoio aéreo do Comando de Aviação Operacional (Caop) da PF e da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Além da aeronave, a PF apreendeu armas, veículos e dinheiro em espécie.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

Geral

PF estoura organização que usava helicóptero para tráfico droga

A Polícia Federal em São Paulo prendeu duas pessoas na manhã deste sábado, 13, envolvidas no tráfico internacional e que utilizavam aeronaves para trazer droga do Paraguai para o Brasil. Após um ano de investigação, os federais conseguiram mapear o trajeto feito pelo grupo e prenderam em flagrantes os traficantes quando eles reabasteciam um helicóptero em um matagal na cidade de Presidente Prudente, interior de São Paulo.

Durante a ação, batizada de Flying Low (voando baixo, em inglês), a PF também apreendeu cerca de meia tonelada de cocaína que era transportada pelo helicóptero. Segundo a PF, a organização criminosa buscava a droga no Paraguai e a levava para o Estado de São Paulo.

A aeronave apreendida está avaliada em R$ 4 milhões. O flagrante foi possível, diz a PF, porque o helicóptero não tem autonomia para completar todo o percurso feito pelos traficantes e, por isso, era necessário realizar uma parada para reabastecimento.

Além de 20 policiais federais, a Flying Low teve o apoio aéreo do Comando de Aviação Operacional (Caop) da PF e da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Além da aeronave, a PF apreendeu armas, veículos e dinheiro em espécie.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

Geral

PF estoura organização que usava helicóptero para tráfico droga

A Polícia Federal em São Paulo prendeu duas pessoas na manhã deste sábado, 13, envolvidas no tráfico internacional e que utilizavam aeronaves para trazer droga do Paraguai para o Brasil. Após um ano de investigação, os federais conseguiram mapear o trajeto feito pelo grupo e prenderam em flagrantes os traficantes quando eles reabasteciam um helicóptero em um matagal na cidade de Presidente Prudente, interior de São Paulo.

Durante a ação, batizada de Flying Low (voando baixo, em inglês), a PF também apreendeu cerca de meia tonelada de cocaína que era transportada pelo helicóptero. Segundo a PF, a organização criminosa buscava a droga no Paraguai e a levava para o Estado de São Paulo.

A aeronave apreendida está avaliada em R$ 4 milhões. O flagrante foi possível, diz a PF, porque o helicóptero não tem autonomia para completar todo o percurso feito pelos traficantes e, por isso, era necessário realizar uma parada para reabastecimento.

Além de 20 policiais federais, a Flying Low teve o apoio aéreo do Comando de Aviação Operacional (Caop) da PF e da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Além da aeronave, a PF apreendeu armas, veículos e dinheiro em espécie.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

Geral

PF estoura organização que usava helicóptero para tráfico droga

A Polícia Federal em São Paulo prendeu duas pessoas na manhã deste sábado, 13, envolvidas no tráfico internacional e que utilizavam aeronaves para trazer droga do Paraguai para o Brasil. Após um ano de investigação, os federais conseguiram mapear o trajeto feito pelo grupo e prenderam em flagrantes os traficantes quando eles reabasteciam um helicóptero em um matagal na cidade de Presidente Prudente, interior de São Paulo.

Durante a ação, batizada de Flying Low (voando baixo, em inglês), a PF também apreendeu cerca de meia tonelada de cocaína que era transportada pelo helicóptero. Segundo a PF, a organização criminosa buscava a droga no Paraguai e a levava para o Estado de São Paulo.

A aeronave apreendida está avaliada em R$ 4 milhões. O flagrante foi possível, diz a PF, porque o helicóptero não tem autonomia para completar todo o percurso feito pelos traficantes e, por isso, era necessário realizar uma parada para reabastecimento.

Além de 20 policiais federais, a Flying Low teve o apoio aéreo do Comando de Aviação Operacional (Caop) da PF e da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Além da aeronave, a PF apreendeu armas, veículos e dinheiro em espécie.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

Copyright © 2020 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.