Economia

PF ataca quadrilha por fraude em auxílios e aposentadorias por invalidez

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça, 7, a Operação Revide para combater fraudes em auxílios e aposentadorias por invalidez.

São cumpridos 23 mandados de busca e apreensão em endereços na capital paulista, em Guarulhos e Caieiras, em São Paulo, e na cidade mineira de Poços de Caldas, além de medidas restritivas de direitos.

As investigações desvendaram que uma organização criminosa composta por médicos, advogados e intermediários que fraudavam benefícios previdenciários.

Um perito judicial teria sido cooptado pelo grupo para declarar pessoas saudáveis como incapazes para o trabalho em troca de propinas. A PF não divulgou os nomes dos investigados.

O esquema já desviou cerca de R$ 13 milhões, mas a estimativa é que o prejuízo evitado com a desarticulação do grupo chegue aos R$ 27 milhões.

Veja também

+ Quarta parcela do auxílio sai hoje (14) para os nascidos em agosto

+ Cunhado de Maradona morre de Covid-19 na Argentina

+ Nazistas ou extraterrestres? Usuário do Google Earth vê grande ‘navio de gelo’ na costa da Antártida

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?