Edição nº 1138 16.09 Ver ediçõs anteriores

Peugeot abandona a Stock Car

Peugeot abandona a Stock Car

A francesa Peugeot deixará de ser uma das montadoras oficiais da StockCar, uma das cinco maiores categorias de carros de turismo do mundo. A decisão da empresa, comandada por Ana Theresa Borsari no Brasil, já vinha sendo comentada na última etapa do ano passado, realizada no autódromo paulista de Interlagos. Na ocasião, o jovem Felipe Fraga conquistou o título pela equipe Cimed Racing pilotando um Peugeot.

A saída da categoria foi confirmada pela montadora à coluna: “Em 2016, a Peugeot encerrou um ciclo vitorioso na Stock Car, iniciado em 2007 com o 307 Sedã. Mesmo fora da competição, a Peugeot reforça sua atuação ofensiva nos esportes com o Rali Dakar, onde foi bicampeã esse ano com o 3008 DKR conquistando os três primeiros lugares do pódio, e o patrocínio nos tradicionais torneios de tênis nacionais e internacionais”. Por enquanto, apenas a GM aparece como apoiadora da categoria.

(Nota publicada na Edição 1003 da Revista Dinheiro, com colaboração de: Com André Jankavski, Hugo Cilo e Márcio Kroehn)

Tópicos

Peugeot Stock Car

Mais posts

Negócio de gente grande

Um dos maiores complexos temáticos do País, o cearense Beach Park deve fechar o ano com crescimento de mais de 20% sobre 2018. O grupo, [...]

Lugar de médico é no shopping

A proliferação das clínicas médicas populares tem levado grandes redes do setor a locais, digamos, pouco convencionais do mercado da [...]

Unidos pelo bilhão

A Duff & Phelps do Brasil, consultoria global de finanças corporativas, e a Kroll, empresa mundial de gestão de riscos e [...]

À procura de imigrantes

Enquanto o Brasil não sabe o que fazer com mais de 11 milhões de desempregados, o Canadá não sabe como preencher suas vagas de [...]

Contrate bem sem olhar a quem

A operação brasileira Oracle, uma das mais importantes da gigante americana de tecnologia, selecionou um recurso da brasileira HRTech [...]
Ver mais