Negócios

Petros: percepção é de que Invepar e Belo Monte resolverão caixa no curto prazo

Tanto a Invepar quanto Belo Monte devem resolver, no curto prazo, seus problemas de caixa, disse nesta terça-feira, 11, o diretor de investimentos da Petros, fundo de pensão dos funcionários da Petrobras, Daniel Lima. As fundações não buscam, neste momento, a venda desses ativos, mas analisarão ofertas que eventualmente cheguem à mesa.

Sobre Belo Monte, o presidente da Petros, Walter Mendes, disse que não há mais nenhum grande desembolso previsto e que a expectativa é de que a companhia seja, em breve, boa geradora de caixa e, na esteira, boa pagadora de dividendos.

Em relação a Invepar, a gestão da companhia trabalha para estruturar sua gestão de caixa e que depois das ofertas recebidas, de Mubadala e CCR, a companhia agora “seguirá seu caminho sozinha”.

*A repórter viajou a convite da Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (Abrapp).