Finanças

Petróleo fecha em queda diante da força do dólar e dos estoques dos EUA

Os contratos futuros de petróleo fecharam em queda nesta quinta-feira, 2. O sentimento negativo nesse mercado foi impulsionado pela mais recente alta nos estoques da commodity nos Estados Unidos. Além disso, a força do dólar influiu, já que neste caso o petróleo se torna mais caro para os detentores de outras moedas.

O petróleo WTI para abril fechou em queda de US$ 1,22 (2,27%), a US$ 52,61 o barril, na New York Mercantile Exchange (Nymex), e o Brent para maio caiu US$ 1,28 (2,27%), a US$ 55,08 o barril, na plataforma Ice.

O Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês) informou ontem que os estoques de petróleo dos EUA tiveram crescimento na última semana de 1,5 milhão de barris. O estoque total da commodity no país atingiu nível recorde, a 520,2 milhões de barris. Além disso, a produção americana continua em nível alto, o que pode contrabalançar o esforço de outros países para reduzir a demanda e impulsionar os preços.

As exportações de gasolina dos EUA atingiram máxima recorde e a demanda doméstica estava cerca de 6% mais fraca na comparação anual. Os estoques de gasolina recuaram na última semana, mas essa queda foi menor que a esperada, o que exacerbou as preocupações de que os estoques dos EUA possam pressionar os preços do petróleo.

Presidente da Ritterbusch & Associates, Jim Ritterbusch disse que o mercado de gasolina muito aquecido poderia contrabalançar o esforço da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) para conter a oferta da commodity, pelo menos no curto prazo – nas próximas quatro a seis semanas.

Os preços do petróleo também estiveram sob pressão do dólar, que subiu diante da maior probabilidade de que o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) possa elevar os juros já neste mês. Fonte: Dow Jones Newswires

+ Jaguar Land Rover: a luta contra a falta de confiança dos consumidores

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

Tópicos

petróleo