Finanças

Petróleo fecha em queda, com cautela e dúvidas sobre recuperação da demanda

Os contratos futuros do petróleo fecharam o pregão em baixa nesta sexta-feira, 14, com a cautela que prevalece nos mercados internacionais e em meio a dúvidas sobre a continuidade da recuperação da demanda pela commodity energética, em uma semana na qual várias instituições que analisam o setor pioraram suas projeções.

Na New York Mercantile Exchange (Nymex), o WTI para setembro recuou 0,54%, a US$ 42,01 o barril, mas registrou alta de 1,92% na comparação semanal. Na Intercontinental Exchange (ICE), o Brent para outubro caiu 0,36%, a US$ 44,80 o barril, mas obteve ganho de 0,90% na semana.

“Ao mesmo tempo, a incerteza sobre a demanda futura, juntamente com o aumento da produção, tornará difícil restaurar o equilíbrio no mercado de petróleo”, afirma o chefe de Pesquisa em Commodities do Commerzbank, Eugen Weinberg, em um relatório a clientes.

Nesta semana, a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e a Agência Internacional de Energia (AIE) pioraram as projeções para a demanda da commodity em 2020. “Os setores de aviação e transporte rodoviário, que são componentes-chave da demanda por petróleo, ainda enfrentam dificuldades, segundo a AIE”, destaca Weinberg, do banco alemão.

Hoje, há pouco apetite por risco no mercado, o que não beneficia o petróleo. Além do impasse em Washington por mais estímulos fiscais, a preocupação é com uma segunda onda de casos de covid-19 na Europa, o que levou o Reino Unido a impor uma quarentena de 14 dias para quem chega da França.

Entre as notícias do setor, a Baker Hughes informou que o número de poços e plataformas de petróleo em atividade nos Estados Unidos recuou quatro na semana, a 172, no nível mais baixo desde julho de 2005.

(COM INFORMAÇÕES DA DOW JONES NEWSWIRES)

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

Tópicos

petróleo