Finanças

Petróleo fecha em baixa com dúvidas sobre recuperação da demanda

Os contratos futuros de petróleo fecharam em baixa nesta quinta-feira, 3, pressionados por uma aversão a riscos global após dados econômicos dos Estados Unidos e da China alimentarem dúvidas sobre a recuperação da economia mundial num contexto de farta oferta da commodity.

O contrato do WTI para outubro fechou em queda de 0,34%, a US$ 41,37 o barril, na New York Mercantile Exchange (Nymex), e o Brent para novembro baixa 0,81%, a US$ 44,07 o barril, na Intercontinental Exchange (ICE).

Segundo o Commerzbank, a forte retração nos estoques apresentada ontem pelo relatório do Departamento de Energia (DoE) dos EUA foi, em parte, resultado de uma menor importação, em 4,9 milhões de barris por dia, o menor resultado desde fevereiro de 1992. Já na China, refinarias independentes teriam usado “suas cotas para o ano”, e por isso “devem ter de reduzir suas operações” para 2020, observa o ING em relatório enviado a clientes.

O ING ainda observa que no Iraque a implementação dos cortes na produção acordados com a Organização dos Países Produtores de Petróleo (Opep) será atrasada. Esse fator, associado ao restabelecimento da produção no Golfo do México após a interrupção decorrente da passagem do furacão Laura pela região na última semana, deve ampliar a oferta da commodity no mercado.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

Tópicos

petróleo