Finanças

Petróleo fecha em alta após Opep aumentar estimativa para demanda

Os contratos de petróleo fecharam em alta pela terceira sessão seguida nesta quarta-feira, 11, após a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) aumentar sua estimativa para a demanda da commodity e dizer que países membros aumentaram a produção em setembro.

Na New York Mercantile Exchange (Nymex), o petróleo WTI para novembro fechou em alta de 0,74%, a US$ 51,30 por barril. Já na Intercontinental Exchange (ICE), o barril do petróleo tipo Brent para dezembro avançou 0,58%, a US$ 56,94.

Em relatório mensal, a Opep disse que a produção de petróleo no mês passado saltou em 90 mil barris por dia, complicando os esforços do cartel e outros grandes produtores em limitar a produção e reduzir os excedentes globais de petróleo. A Opep também observou que houve um aumento de 31 mil barris por dia por países que não fazem parte do grupo, no mês passado, principalmente por causa dos Estados Unidos.

O cartel, no entanto, aumentou sua perspectiva pra o crescimento da demanda global por petróleo em cerca de 30 mil barris por dia para este ano e 2018. O grupo agora prevê um aumento da demanda em 1,5 milhão de barris por dia em 2017 e em 1,4 milhão de barris por dia no próximo ano.

Enquanto isso, o Departamento de Energia dos EUA (DoE, na sigla em inglês) aumentou suas estimativas de preço para este ano e o próximo e elevou a perspectiva da produção americana para 2018 em 0,8% para 9,92 milhões de barris por dia, de acordo com um relatório divulgado hoje.

“As estimativas de expansão da produção dos EUA e da Opep não são ruins, uma vez que a expansão é necessária para corresponder ao aumento da demanda”, disse Jay Hatfield, presidente da InfraCap. (Com informações da Dow Jones Newswires)

Tópicos

petróleo