Economia

Petrobras e Gerdau assinam contrato para fornecimento de gás no mercado livre

A Petrobras e a Gerdau assinaram contrato para fornecimento de gás natural no mercado livre para a unidade da siderúrgica em Ouro Branco, Minas Gerais. Esta é a primeira migração contratual de um cliente da estatal do mercado cativo para o ambiente da livre comercialização, informou nesta segunda-feira, 13, a Petrobrás.



Segundo a estatal, o contrato é um marco no processo de abertura do mercado de gás natural do Brasil.

O contrato entre as duas empresas faz parte da carteira de novos produtos lançados este ano pela Petrobras, diversificando as condições comerciais e possibilitando uma melhor gestão do portfólio de compra de gás natural.

Conforme a Petrobras, o contrato com a Gerdau representa a indexação de um mix de produtos com vigência até 2025.

A estatal destacou ainda, que o contrato oferece segurança de fornecimento para a Gerdau. O início da entrega do insumo será em 1o de janeiro de 2022.



“Essa parceria com a Petrobras coroa a estratégia da Gerdau de buscar o desenvolvimento e suprimento do mercado de gás no Brasil. Dessa forma, entendemos que com o mercado desenvolvido, mais players seguirão na mesma direção e novas oportunidades surgirão”, afirmou em nota o gerente geral de Suprimentos da Gerdau, Vinicius Moura.


Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?