Economia

Petrobras diz que plataforma P-80, em Búzios, será a maior do Brasil

Crédito: Arquivo/Agência Brasil

Vista externa de um prédio da Petrobras (Crédito: Arquivo/Agência Brasil)

A Petrobras informou nesta segunda-feira, 3, que iniciou na sexta-feira, 30, o processo de licitação para contratação da plataforma flutuante (FPSO) que ficará no campo de Búzios, no pré-sal da bacia de Santos, a nona unidade de produção a ser ancorada no local. A P-80 terá capacidade para produzir 225 mil barris por dia de óleo e 12 milhões de metros cúbicos de gás natural.

“Assim como o FPSO Almirante Tamandaré, em fase de construção, a P-80 será a maior unidade de produção de petróleo a operar no Brasil e uma das maiores do mundo”, disse a companhia em nota.

+ Cade aprova venda da fatia da CaixaPar no Banco Pan para BTG Pactual

A previsão é de que a P-80 entre em operação em 2026. FPSO é a sigla em inglês para a unidade que produz, armazena e transfere petróleo e gás.

O campo de Búzios, descoberto em 2010, é o maior campo de petróleo em águas profundas do mundo e deve chegar ao final da década com a produção diária acima de 2 milhões de barris de óleo equivalente por dia, tornando-se o ativo da Petrobras com maior produção.

Atualmente, o maior campo em produção é Tupi (ex-Lula), na mesma bacia, que produz mais de 1 milhão de barris de óleo equivalente por dia.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago