Negócios

Petrobras contrata 12,9 mi de m3 de gás natural em chamada pública da TBG

A Petrobras foi novamente a única empresa a participar da chamada pública da Transportadora Brasileira Gasoduto Bolívia-Brasil (TBG) iniciada em 5 de abril. A estatal contratou espaço no duto para 12,9 milhões de metros cúbicos firmes por dia (m3/d) no curto prazo (oito meses). O edital permitia a contratação até 2025.

Do total contratado, 9,9 milhões de m3/d serão para saída em MS1 (Mato Grosso do Sul); SP1, SP2, SP4 (São Paulo); SC1 (Santa Catarina); e outros 3 milhões m3/d para o ponto de entrada em Campinas (EMED Gascar/SP). O início da prestação de serviço será no dia 1º de maio e término em 31 de dezembro de 2021.

As tarifas variaram de R$ 2,7587 por milhão de BTU na entrada em Campinas, a mais cara, até R$ 1,235, a mais barata, para a entrada em Mato Grosso do Sul (MS1).

Até o momento, a TBG tem em 2021 a capacidade de transporte de gás contratada pela Petrobras de 23,78 milhões m3/d, de uma capacidade total de 30 milhões de m3/d. O duto abastece termelétricas, refinarias e sete distribuidoras de gás natural.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel