Negócios

Petrobras: associação argentina inicia arbitragem por perdas com Lava Jato

A Petrobras informa que foi notificada na terça-feira, 11, de demanda arbitral iniciada por Consumidores Financieros Asociación Civil para su Defensa contra a companhia e outras pessoas físicas e jurídicas, perante o Tribunal Arbitral da Bolsa de Valores de Buenos Aires. Na demanda, entre outras questões, a Associação alega a responsabilidade da Petrobras por uma suposta perda de valor de mercado das ações da Petrobras na Argentina, em razão dos processos relacionados à Operação Lava Jato.

“A Petrobras considera que o pedido é improcedente em sua totalidade e apresentará defesa solicitando o indeferimento total da reclamação e o ressarcimento pelos custos incorridos em sua defesa”, diz a empresa em comunicado.

A companhia ressalta ainda que a demanda não gera impactos financeiros e econômicos imediatos.

“Vale ressaltar que as autoridades brasileiras, inclusive o Supremo Tribunal Federal, reconhecem que a Petrobras tem sido vítima dos atos revelados pela Operação Lava Jato. Na condição de vítima, a companhia já recuperou cerca de R$ 2,5 bilhões e continuará buscando todas as medidas cabíveis contra as empresas e indivíduos que lhe causaram prejuízos”, afirma.