Negócios

Petrobras adere a programas tributários no RJ e ES com desconto de R$ 2,3 bi

O conselho de administração da Petrobras aprovou nesta quinta-feira, 1º, a adesão aos programas de redução de juros e multas de débitos do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) instituídos por Rio de Janeiro e Espírito Santo. No total, a companhia via pagar R$ 2 bilhões para encerrar cobranças que totalizam R$ 4,3 bilhões nos dois Estados.

Segundo a companhia, 70% deste valor será desembolsado em outubro, e o restante em parcelas mensais que vendem até dezembro. Para o Rio, a Petrobras vai pagar R$ 1,8 bilhão para encerrar contingências que envolvem cobrança de ICMS sobre as operações de consumo de óleo diesel nas plataformas marítimas. Foi aprovado também uma redução da base de cálculo do ICMS para 4,5% nos fornecimentos de óleo diesel marítimo, o que soluciona a causa dos questionamentos.

No Espírito Santo, a estatal vai pagar R$ 208 milhões, encerrando débitos tributários referentes à divergências sobre apropriação de créditos sobre bens do ativo imobilizado e diferenças de ICMS em operações com petróleo e derivados.

A Petrobras afirma que as contingências estão incorporadas nos balanços de 2019.

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?