Giro

Pesquisadores usam leite materno contra covid-19 em imunossuprimido

Crédito: Reprodução/Divulgação

O paciente tratado apresentava imunodeficiência, o que faz com que seu sistema imunológico seja incapaz de combater vírus e outros patógenos. (Crédito: Reprodução/Divulgação)



Pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) realizaram tratamento de pessoa infectada por covid-19 utilizando leite materno de uma doadora vacinada contra o SARS-CoV-2. O paciente tratado apresentava imunodeficiência, o que faz com que seu sistema imunológico seja incapaz de combater vírus e outros patógenos. O caso foi publicado em artigo em revista científica.

De acordo com a pediatra Maria Marluce dos Santos Vilela, professora da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Unicamp e uma das autoras do artigo, essas intervenções terapêuticas ajudam muito os pacientes que não produzem anticorpos.

+ Bebês expostos ao Covid no útero mostram mudanças no neurodesenvolvimento

“Precisamos ampliar este estudo com mais pacientes portadores da mesma situação deste paciente para confirmar o grande benefício desta modalidade de reposição de anticorpos. Nossa impressão é que auxilia os pacientes com covid prolongada e com imunodeficiência”, disse.




A pesquisadora explicou que o fato desse paciente não produzir anticorpos nem da classe IgG – que predomina no sangue – nem da classe IgA – que predomina nas secreções do aparelho respiratório, aparelho gastrointestinal e no leite materno – o deixa muito vulnerável a ter infecções repetidas e até mesmo infecção crônica ou prolongada, como aconteceu neste caso com o vírus da covid-19. Segundo o artigo, o paciente permaneceu mais de 120 dias com o vírus ativo em seu corpo.

“Ajudamos a eliminar o vírus SARS-CoV-2 fazendo a reposição dos anticorpos que ele não produzia, através da transfusão de plasma humano de convalescente de covid-19 [transfusão de anticorpos de pessoas já curadas] e depois oferecemos leite de mãe vacinada para covid-19, que é muito rico em IgA específico para a doença”, contou.

Primeiro foi realizada a transfusão do plasma humano, o que levou à melhora dos sintomas e à queda de marcadores inflamatórios no sangue. No entanto, exames ainda identificavam infecção por covid-19 mesmo após 15 dias. Além disso, o paciente apresentava sintomas leves.


Diante disso, a equipe decidiu fazer a experiência de reposição de IgA por meio do leite materno de uma doadora vacinada contra o SARS-CoV-2. Após o tratamento, o teste para detectar a doença deu negativo depois de uma semana, além de outros exames feitos com maiores intervalos que não detectaram mais a presença do vírus.

Com o resultado, o artigo conclui que os anticorpos secretados por IgA e IgG presentes no leite materno podem ser úteis para tratar a infecção persistente por SARS-CoV-2 em pacientes imunodeficientes.






Tópicos

. Sanofi vacina 3ª dose 4ª dose astrazenca sintomáticos astrazeneca coágulos astrazeneca efeitos colaterais astrazeneca eficácia astrazeneca vacina vencida BIOMM butanvac butanvac eficacia Butanvac estudos Butanvac lançamento Butanvac origem butanvac piracicaba butanvac voluntários CanSino ceo moderna Como é a variante indiana? como funciona vacina pelo nariz? como testar butanvac coronavac 3ª dose coronavírus coronavírus Brasil coronavírus quantas cepas covid infectados brasil covid infectados mundo curevac dose de reforço dose de reforço 60 anos doses diferentes efeitos colaterai vacina eficacia coronavac eficácia coronavac variante indiana eficácia curevac eficácia pfizer eficácia pfizer primeira dose eficácia segunda dose eficacia vacina Oxford estados vão manter vacinação adolescentes fim da pandemia fiocruz eficácia fiocruz produção fiocruz vacina Foi liberado a vacina para maiores de 18 anos? imunidade dura quanto tempo 3ª dose imunização ativa e passiva imunização de rebanho imunização SP infectados EUA covid inscrições teste butanvac Janssen eficácia janssen janela de imunização janssen período de proteção janssen precisa de mais uma doze maiores de 50 nova vacina no Brasil O que é a variante P4 da Covid-19? o que é resposta imune? OMS autoriza imunizante feito na América Latina OMS vacina argentina México OMS vacina latino americana pandemia balanço brasil pandemia balanço mundo pfizer 3ª dose pfizer efeitos adversos pfizer segunda dose planos de vacinação brasil por que anvisa proibiu coronavac porque Sanofi suspendeu vacina? pra que tomar 3ª dose? quais vacinas estão sendo aplicadas no brasil quais variantes já chegaram no Brasil? Qual é a nova variante da Índia? qual vacina precisa de 3ª dose? qual vacina precisa dose de reforço Qual vacina protege contra variante delta? Qual vacina protege contra variante indiana? quando a pandemia vai acabar quando vão liberar a Butanvac quantas vacinas Butantan quantas vacinas tem o Brasil quarta dose quarta dose benefício quarta dose imunidade