Giro

Pesquisa: IAC vai completar 135 anos com lançamento de cultivar inédita no mundo



O tradicional Instituto Agronômico (IAC), fundado em 27 de junho 1887 por D. Pedro II, vai celebrar 135 anos de existência. Na próxima terça-feira, 28, para comemorar a data, a partir das 15h, na sua sede, em Campinas (SP), será lançado um material inédito no Brasil e no mundo. Trata-se da cultivar IAC Citral 1 de Lippia alba, popularmente conhecida como erva cidreira, desenvolvida pelo IAC (a primeira cultivar no mundo resultante de melhoramento genético).

A cultivar IAC Citral 1 foi registrada este ano no Ministério da Agricultura, tendo de forma inédita os descritores mínimos da espécie. Segundo comunicado do IAC, a novidade vai atender ao mercado crescente de plantas aromáticas e medicinais, chá e óleos essenciais. A erva cidreira ocorre no Brasil todo, mas o que existem são plantas nativas, de origem espontânea na natureza, sem nunca terem sido melhoradas para apresentarem melhores qualidades aromáticas e químicas, explica o IAC.

Além da Lippia alba serão lançadas também seis cultivares de batatas-doces ornamentais, a Plataforma Aberta IAC de Soluções para o Agro e duas publicações: o Boletim 100 – Recomendações de Adubação e Calagem para o estado de São Paulo e o livro A Cultura da Batata-doce.

Segundo o diretor-geral do IAC, Marcos Guimarães de Andrade Landell, as novas cultivares de batata-doce ornamental, somadas aos resultados nos últimos 12 meses, totalizam 40 novas cultivares, que “mostram a força e a competência desta Instituição na geração e na transferência dessas tecnologias, que contribuem com diversos segmentos agrícolas de São Paulo e do Brasil”.




Este ano, a celebração do IAC vai homenagear o pesquisador científico, Hamilton Humberto Ramos, responsável pelo Programa Aplique Bem, que já treinou 75 mil trabalhadores, aproximadamente, para aplicar corretamente defensivos agrícolas com maior eficiência para a lavoura e maior segurança para o ambiente e as pessoas. O Programa já foi transferido para seis países. Em parceria com a UPL, o Aplique Bem avalia pulverizadores em uso com base na ISO 16122 e realiza o treinamento de trabalhadores para o uso de defensivos. A atividade é feita com laboratórios móveis, chamados TechMóveis, levados às propriedades rurais do país.

Também serão reconhecidos dois funcionários de apoio: Roselaine de Fátima Baradel Testi de Lima, que atua na área administrativa e responde pelo setor de recursos humanos do IAC, e Sebastião Boarolo, funcionário na área técnica em pesquisas com seringueira. O produtor rural Magno Della Coletta será homenageado na categoria externa.