Economia

Perspectivas para EUA são positivas, apesar de exterior, diz Powell, do Fed

O presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), Jerome Powell, afirmou em coletiva de imprensa que as perspectivas para a economia americana continuam positivas, apesar da conjuntura do exterior. A declaração vem logo após a decisão da autoridade monetária de manter a taxa básica de juros dos Estados Unidos na faixa entre 1,50% e 1,75%.

Contudo, Powell alertou para riscos e desafios para a economia do país. “Desaceleração global e tensões comerciais têm pesado no desempenho da indústria”, disse, ressaltando que os investimentos e as exportações continuam fracos em solo americano.

O presidente do Fed defendeu que cortes de juros anteriores à decisão de hoje ajudaram a apoiar a expansão econômica dos EUA. Powell acredita que a política monetária não tem um “curso pré-definido”, mas que ela ajudará a apoiar a expansão, o mercado de trabalho e a inflação. “À frente, vamos monitorar dados e perspectivas para avaliar ajuste em juros”, afirmou.

Inflação. Para Powell uma inflação “persistentemente” abaixo da meta pode levar a dinâmica “não saudável”. “Esperamos que inflação suba a 2%, estamos comprometidos em atingir nossa meta”, completou o banqueiro central. A inflação americana continua abaixo da meta estabelecida pelo Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) de 2%.



Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

Tópicos

EUA Fed Jerome Powell