Edição nº 1130 19.07 Ver ediçõs anteriores

Perder Jony Ive custa US$ 9,4 bi para a Apple

Perder Jony Ive custa US$ 9,4 bi para a Apple

Nenhum funcionário é insubstituível. Pode ser, mas perder certos deles às vezes representa um bom estrago. Ao anunciar a saída de Jony Ive da Apple, as ações da companhia caíram 1%. Para uma empresa com valor de mercado de US$ 940 bilhões isso representa ficar US$ 9,4 bilhões menor. Claro que não se pode vincular diretamente a queda nas ações à saída de Ive, mas foi assim que o mercado enxergou – e reagiu. Não é para menos. Era ele quem chefiava, desde 1996, o time de designers da empresa e foi quem desenhou nada menos que o iPhone. Ive vai montar sua própria companhia, a LoveForm, que deve ter os ex-patrões na carteira de clientes. Isso se as relações com Tim Cook, CEO da Apple, melhorarem. Uma reportagem do The Wall Street Journal diz que a insatisfação que levou à rescisão teria como motivo maior o desinteresse da empresa no design de produtos após ficar sob o comando de Cook. O CEO diz que a reportagem é “absurda” e “não combina com a realidade”.

(Nota publicada na Edição 1128 da Revista Dinheiro)


Mais posts

Fim da fila em empreendedorismo feminino

São Paulo, única cidade brasileira no ranking das 50 cidades mais promissoras para o empreendedorismo feminino, ocupa o fim da fila no [...]

1,025 bilhão

Número de downloads feitos em aparelhos Android do game Subway Surfers. É o app de jogos mais baixado (Nota publicada na Edição 1130 da [...]

Toys “R” us volta tecnológica e e imersiva

Uma virada e tanto. Nada menos que isso. A Toys “R” Us, icônica rede varejista de brinquedos americana que faliu no ano [...]

Google e Facebook entram na lista de veículos de comunicação

Google, Facebook e suas plataformas coligadas, como YouTube e Instagram, passaram a ser classificados como veículos de comunicação. A [...]

Bill Gates revela o segredo de Steve Jobs: feitiços

Bill Gates soltou a língua. Há duas semanas resolveu dizer numa entrevista qual foi o maior de todos os erros que cometeu na carreira [...]
Ver mais

Copyright © 2019 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.