Giro

Pequim confirma mais 9 casos de coronavírus; número na China passa dos 6 mil

Pequim confirmou nesta quarta-feira, 29, mais nove casos confirmados de contaminação por coronavírus, elevando para 111 o número de infectados na cidade, informa o jornal chinês Global Times. Em Hong Kong, de acordo com o jornal South China Morning Post, 10 casos já foram confirmados, dois deles nesta quarta-feira.

O número de pessoas infectadas na China já passou dos seis mil, superando o total registrado durante a crise da Sars, entre 2002 e 2003, que foi de 5.327.

Segundo a TV chinesa CGTN, já são 6.078 os infectados no país asiático. As mortes permanecem em 132.

Globalmente, as contaminações por coronavírus já foram confirmadas em 15 países, além da China.

São eles Tailândia, Japão, Malásia, Cingapura, Austrália, Estados Unidos, França, Alemanha, Coreia do Sul, Canadá, Vietnã, Camboja, Nepal, Sri Lanka e Emirados Árabes.

A companhia aérea British Airways anunciou nesta quarta que cancelou seus voos com destino à China continental.

A United Airlines informou na terça que decidiu suspender rotas para o país.

Também a alemã Lufthansa decidiu nesta quarta-feira suspender seus voos para e da China até o dia 9 de fevereiro.