Giro

Pelé reúne astros do esporte e da arte para leilão de caridade

Crédito: REUTERS/Christian Hartmann

Pelé durante evento em Paris (Crédito: REUTERS/Christian Hartmann)

Por Andrew Downie



LONDRES (Reuters) – Quer uma camisa da seleção brasileira de Pelé? Uma camisa da seleção neozelandesa de rúgbi autografada por Dan Carter? Uma foto do New York Yankees autografada por Derek Jeter? A camisa que David Beckham usou no Milan?

Estes itens, e ainda outros de Cristiano Ronaldo e Kylian Mbappé, estão entre os 229 que serão postos à venda no mês que vem em um leilão organizado por Pelé para a fundação que ele criou em 2018 para ajudar crianças desfavorecidas.

Leilão de automóveis clássicos tem “Fusca Herbie” e Opala Comodoro

O brasileiro, o único jogador de futebol a conquistar três Copas do Mundo e considerado com frequência como o maior de todos os tempos, disse que todo o dinheiro arrecadado ajudará o Brasil a enfrentar e se recuperar da pandemia de Covid-19.



Até agora, 575 mil pessoas morreram de Covid-19 no país, o que o coloca atrás somente dos Estados Unidos em número de mortes causadas pela doença.

“Pelé é uma lenda, é um ícone, e outros esportes se inspiram em Pelé”, disse Martin Nolan, diretor-executivo e presidente-executivo da Julien’s Auctions, sediada na cidade norte-americana de Beverly Hills, à Reuters.

“Por estar em casa em sua bolha, ele teve tempo para se concentrar neste projeto.”

Pelé fornecerá alguns de seus próprios itens para o leilão de 22 de setembro, mas também cobrou favores de amigos dos mundos do esporte e do entretenimento.

Há camisas do Brasil, do Santos e do New York Cosmos e fotos autografadas do ex-jogador de 80 anos, e outras assinadas por ex-colegas de seleção como Rivellino, Jairzinho e Clodoaldo.

Mario Zagallo, técnico da reverenciada seleção que conquistou a Copa do Mundo de 1970 que fez 90 anos neste mês, também colaborou, assim como Neymar, Roberto Baggio e Roger Milla.

Também campeão mundial, Franz Beckenbauer autografou várias fotos de seus dias no New York Cosmos e na Alemanha Ocidental, e ainda haverá uma bola da final da Liga dos Campeões de 2015 e camisas e equipamentos usados no basquete, no futebol americano, no hóquei e no pólo aquático à espera de lances.

Um dos itens que deve alcançar um preço alto é um molde de bronze banhado a ouro do pé de Pelé criado pelo escultor célebre Dante Mortet.

Saindo da esfera do futebol, Justin Timberlake, Maria Sharapova, Mark Wahlberg e a NBA também doaram itens.

“Tudo do Pelé as pessoas vão querer, mas você menciona Ronaldo, você menciona Mbappé, estes ícones serão procurados”, disse Nolan a respeito dos atacantes de Portugal e da França.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH7M0N8-BASEIMAGE


Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?