Política

Pazuello: mesmo com direito a silêncio, ex-ministro deve depor esta semana

Crédito: Arquivo Agência Brasil

Lewandowski autorizou que Pazuello tenha o direito de ficar em silêncio (Crédito: Arquivo Agência Brasil)

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia deve ouvir0 o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello na próxima quarta-feira (19). A CPI da covid, como é mais conhecida, entra na sua na terceira semana de depoimentos.

Na sexta-feira (14), o ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou que Pazuello tenha o direito de ficar em silêncio, ou seja, a não responder perguntas que possam incriminá-lo em seu depoimento à CPI.

No entanto, o texto divulgado pelo STF prevê que o ex-ministro deve revelar o que souber de fatos e condutas relativas a terceiros. Desta maneira, há uma obrigação de falar tudo o que souber ou tiver ciência, podendo “ser instado a assumir o compromisso de dizer a verdade”.

+ Lewandowski decide garantir direito a silêncio de Pazuello na CPI da Covid
+ Renan sobre HC de Pazuello: ‘equivale a esconder do povo informações cruciais’

Após a medida, o advogado Zoser Hardman, que auxilia o general, afirmou que Pazuello pretende responder a todas as perguntas dos senadores, na comissão, segundo divulgado pelo O Globo.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago