Geral

Paulistano enfrenta lentidão na volta para casa nesta terça-feira de carnaval

Os paulistanos, aos poucos, começam a regressar à capital depois de terem passado o carnaval no litoral e interior do Estado. Em algumas estradas o motorista já enfrenta pontos de lentidão, como pode se observar na Rodovia Castello Branco, no quilômetro 40, em Santana do Parnaíba, e no quilômetro 76, em Itu. As informações são da Vioeste, concessionária que administra as rodovias Castello Branco e Raposo Tavares. A Raposo, a propósito, tem boas condições de tráfego.

Pelo complexo Anhanguera-Bandeirantes, o trânsito ainda segue tranquilo. De acordo com a Autoban, empresa que administra as duas rodovias, o motorista só enfrenta alguma lentidão em Jundiaí, na altura do quilômetro 58, onde a concessionária realiza obras para a construção do Complexo Jundiaí.

No Complexo Anchieta-Imigrantes, que liga São Paulo ao Litoral Sul de São Paulo, o motorista enfrenta pontos de lentidão entre os quilômetros 70 ao 52 da Imigrantes no sentido capital. Entre os quilômetros 42,5 e o 45, a rodovia encontra-se interditada por conta da forte neblina. Neste trecho o motorista tem que buscar a alça de acesso à Rodovia Anchieta. A Anchieta apresenta congestionamento entre os quilômetros 55 e o 47 no sentido a São Paulo.

Na federal Presidente Dutra, o único incômodo para o motorista é a pista expressa, que se encontra com tráfego interrompido no quilômetro 212, em Guarulhos, devido a Obra Jacu-Pêssego. A Regis Bittencourt, federal que liga São Paulo ao Sul do País, está com tráfego pesado entre os quilômetros 369 e o 357, de Miracatu à Serra do Cafezal, no sentido capital, pelo excesso de veículos.

Na Rodovia Fernão Dias, federal que liga São Paulo a Belo Horizonte, o motorista enfrenta lentidão do quilômetro 59 ao 49, no sentido da capital paulista, pelo excesso de veículos.