Política

Paulinho da Força é denunciado por corrupção

A Procuradoria-Geral da República denunciou o presidente do Solidariedade, deputado Paulinho da Força (SP), pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro envolvendo a Odebrecht. Citado na delação da empreiteira, o parlamentar é acusado de receber propina de R$ 1,8 milhão em espécie para atuar a favor dos interesses da companhia. De acordo com a Procuradoria, o destino do “dinheiro de corrupção” foi o “bolso” do próprio deputado.

Segundo a denúncia, em quatro ocasiões ao longo de 2014, Paulinho cobrou e recebeu “vantagens indevidas” – em troca, teria agido para dissuadir eventuais movimentos grevistas e apoiado a participação privada no setor de saneamento básico, área de interesse da Odebrecht Ambiental.

Paulinho informou que todas as contribuições recebidas da Odebrecht “pelo partido foram regularmente declaradas e aprovadas pela Justiça Eleitoral”. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?