Geral

Patrocinadores afirmam preocupação com caso de Neymar

Nike, Mastercard e Redbull se manifestaram afirmando que estão acompanhando as investigações. Jogador foi acusado de estupro

Patrocinadores afirmam preocupação com caso de Neymar

Nike é patrocinadora de Neymar desde que o jogador tinha 13 anos de idade


A Nike afirmou estar “profundamente preocupada” com a acusação de estupro contra Neymar, em nota divulgada nesta segunda-feira (3). A gigante esportiva patrocina o camisa 10 da seleção brasileira desde que ele tinha 13 anos e tem contrato até 2022

“Estamos profundamente preocupados com essas acusações e seguimos acompanhando de perto a situação.”

A Mastercard também expôs cautela sobre o caso. Em nota, a empresa de pagamentos disse que também está acompanhando as investigações. “Nós estamos cientes e preocupados com as sérias alegações. Continuaremos acompanhando a situação.”

A Redbull, que patrocina atleta há quase uma década, também se manifestou nesta segunda. “Neymar Jr é um parceiro da Red Bull desde 2010. É de responsabilidade das autoridades públicas determinar os fatos reais por trás desta séria alegação”, afirmou em nota enviada ao jornal O Estado de S. Paulo.

A postura da Nike é semelhante ao posicionamento adotado quando Cristiano Ronaldo também foi acusado de estupro, em outubro do ano passado. À época, a empresa também emitiu nota afirmando estar “profundamente preocupada e que iria acompanhar o caso”. As investigações contra o jogador português correm na justiça de Las Vegas e ainda não foram encerradas.

Na última sexta-feira (31) uma mulher prestou um Boletim de Ocorrência em São Paulo acusando o jogador de estupro durante um encontro em Paris. O jogador se defendeu e divulgou conversas e fotos íntimas da suposta vítima para justificar sua inocência. O caso segue em investigação.