Geral

Parque Radical Rio é reaberto para o público e para atletas

O Parque Radical Rio, em Deodoro, na zona oeste, foi reaberto hoje (21) pela prefeitura do Rio. Palco de competições de canoagem slalom e de ciclismo mountain bike e BMX nos Jogos Rio 2016, o local foi aberto ao público em dezembro de 2015, como área de lazer da população da região, antes das competições esportivas olímpicas. Mas depois dos Jogos, o parque foi fechado no ano passado por falta de recursos para a manutenção.

A subsecretaria municipal de Esporte e Lazer, Patricia Amorim, disse que no ano passado, a administração municipal anterior gastou em três meses cerca de R$ 5,8 milhões para o funcionamento do parque. Agora, foi preciso fazer um remanejamento de recursos para reabrir o espaço, porque, segundo ela, o orçamento municipal não tinha previsão de gastos com a manutenção do parque. Antes da reabertura, houve necessidade de fazer o reparo da pista de BMX e a limpeza do tanque aquático. Para abrir novamente a prefeitura destinou R$ 750 mil, valor equivalente ao custo mensal de três Vilas Olímpicas.

A proposta da secretaria é combinar o uso público sem cobrança de ingresso com as atividades esportivas que serão desenvolvidas no local. “De forma que o uso compartilhado entre a população e o esporte faça com que a gente possa ter uma harmonia, um entendimento de que os dois são importantes e a gente possa fomentar o esporte ali. Acho que esse é o melhor caminho. A população vai poder usar, mas com um uso ordenado, compartilhado. Isso é importante”, disse.

Retorno gradual

O parque com 490 mil m² de área livre a céu aberto, sendo o segundo maior espaço de lazer para a população do Rio, atrás apenas do Parque do Flamengo, na zona sul, retoma as atividades de forma gradual. Segundo o prefeito Marcelo Crivella, inicialmente, o local ficará aberto aos domingos para a diversão do público, com capacidade de receber 3 mil pessoas.

“Começaremos abrindo aos domingos, depois vamos abrir aos sábados e ampliando durante os dias da semana. O custo é grande, mas o benefício é enorme”, disse Crivella na reabertura.

O público vai poder visitar o parque nos domingos entre as 9h e as 16h, mas durante a semana, atletas de BMX e de canoagem poderão frequentar o local para treinamentos. Durante o verão, a promessa da prefeitura é que o Parque Radical abra de quarta a domingo.

“A prefeitura sela um acordo definitivo com as comunidades daqui do entorno e com os atletas olímpicos. Era um desafio muito grande, eu não sabia o tamanho, mas encaramos e aqui está o resultado. Nossa ideia é, num futuro próximo, oferecer cursos de natação, hidroginástica, canoagem e ciclismo”, disse a subsecretária municipal de Esporte e Lazer.

Hoje 500 alunos da rede municipal de educação assistiram a uma exibição piloto olímpico de ciclismo BMX Renato Rezende e puderam se divertir em uma parte do lago artifical, que tem três níveis de profundidade (2 m, 1,20m e 0,45m) com recreação feita pela Confederação Brasileira de Canoagem.

No lago os visitantes serão acompanhados por guarda-vidas e a segurança do local ficará a cargo de guardas municipais com o apoio da Polícia Militar. Haverá ainda uma UTI Móvel e o serviço de limpeza será feito pela Companhia de Limpeza Urbana do Rio (Comlurb).

 

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

Tópicos

esporte