Giro

Parque da Tijuca limita visitas na trilha do Parque Lage-Corcovado

A partir de hoje (19), o Parque Nacional da Tijuca, passa a limitar o número de pessoas que acessam a trilha Parque Lage-Corcovado durante os fins de semana. Serão permitidas apenas 25 pessoas, por hora, na trilha que dá acesso ao Corcovado e que tem o seu início a partir do Parque Lage. O controle vai ocorrer dentro do horário de funcionamento da trilha, que é das 9h às 14h, sendo a última hora será das 14h às 15h, e somente nos fins de semana. Durante a semana, não há alterações.

De acordo com a direção do parque, a decisão foi necessária para auxiliar no controle do fluxo de pessoas que passou a subir e chegar até o Cristo Redentor, que fica no Corcovado. Só no último fim de semana, a média diária de pessoas realizando a trilha aumentou em 400% quando comparada com a média diária de visitação em 2019. 

No ano passado, a média diária de visitação foi de 50 pessoas por dia, enquanto a média mensal foi de 1.860. Só no fim de semana passado, a visitação chegou a 400 turistas no sábado e no domingo. Os motivos que impulsionaram a visitação podem ser vários, mas, entre eles destacam-se dois: as áreas ao ar livre da cidade são um dos principais refúgios durante essa pandemia e o preço promocional do ingresso para quem vai ao Cristo pela trilha.

Desde o dia 10 de agosto de 2020, o ingresso de acesso ao Cristo, para quem sobe a pé pela trilha, está custando promocionalmente R$ 6 reais, nos fins de semana.

Depois de acessar o Parque Lage, os guardas patrimoniais que ficam no início da trilha vão orientar e permitir somente a entrada de 25 pessoas por hora. O acesso ao espaço do Parque Lage em si não sofreu mudanças. O parque funciona das 10h às 16h, de segunda a segunda. Toda a área  verde segue acessível para visitação, com o limite de 200 visitantes por hora – cujo controle é feito no portão de entrada do parque. As Cavalariças, Capelinha, Grutas, Aquário, Parque Infantil e áreas de piquenique ainda estão sem acesso.

Grupos com mais de 10 pessoas continuam proibidos  de fazer trilhas do Parque. Quem insistir em infringir essa regra pode ser multado, inclusive com a utilização das fotos publicadas em redes sociais que comprovem os grupos acima de 10 pessoas.

Veja também

+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial

+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”

+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?