Política

Parlamento está lutando para dar resposta na proteção florestal, diz Alcolumbre

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), evitou comentar o discurso do presidente Jair Bolsonaro na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) nesta terça, 22, mas afirmou que o Congresso está focado em dar respostas à destruição das florestas. Alcolumbre declarou que não acompanhou o pronunciamento.

Na fala, Bolsonaro afirmou que os incêndios no Pantanal e na Amazônia são usados numa “brutal campanha de desinformação” com o objetivo de atacar o governo. O Senado criou uma comissão externa para acompanhar a situação do Pantanal.

Além disso, há pressão para criação de uma comissão parlamentar de inquérito (CPI) sobre o tema. “Se ele fez esse discurso, eu não acompanhei. Eu sei que nós estamos fazendo e todo dia lutando para dar respostas de proteção das nossas florestas e respeitando a legislação brasileira”, declarou o Alcolumbre ao chegar no Senado.

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?