Giro

Paraná e Rússia assinam acordo de colaboração para teste e produção de vacina

O governo do Paraná assinou nesta quarta-feira, 12, um acordo de cooperação técnica com a Rússia para a testagem e eventual produção de uma vacina contra a covid-19. Os detalhes do contrato são anunciados nesta tarde pelo Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar).

Segundo o governo, se trata de um acordo de cooperação e transferência de tecnologia. Não existe, por enquanto, expectativa ou prazos estabelecidos para o início dos testes. Todo o processo será acompanhado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e pelo Comitê de Ética em Pesquisas, vinculados ao Ministério da Saúde.

“Se passar por todos os testes, a gente produz (a vacina no Paraná)”, disse reservadamente ao Estadão/Broadcast uma fonte que acompanhou a assinatura do acordo.

A formalização do Memorando de Entendimento sobre o desenvolvimento, testes e produção da vacina contra a covid-19 também foi confirmada pela Embaixada da Rússia no Brasil.

Após uma série de reuniões em Brasília, os termos do contrato foram definidos na tarde desta quarta-feira, no Palácio Iguaçu, sede do Poder Executivo estadual. Estiveram reunidos o governador do Paraná, Ratinho Junior (PSD), o embaixador russo no Brasil, Sergey Akopov, e representantes do Fundo Soberano Russo, da Casa Civil do Paraná e do Tecpar.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?