Política

Para Kassab, Covas foi ‘irretocável’ em sua administração e espera continuidade

O presidente do PSD, Gilberto Kassab, lamentou a morte do prefeito Bruno Covas. Em entrevista à CNN, Kassab classificou como “irretocável” a administração de Covas durante a pandemia, e disse esperar continuidade dos trabalhos de seu vice, Ricardo Nunes (MDB), que assume a prefeitura até o fim do mandato.

Relembrando do passado político de Covas, e da importância do sobrenome herdado de seu avô, o ex-governador Mário Covas, Kassab destacou a carreira de Bruno, que, segundo ele, “não teve timidez de tomar medidas duras” durante sua gestão, acrescentando estar muito triste pela morte do prefeito paulista.

Covas morreu na manhã deste domingo aos 41 anos. Ele lutava desde novembro de 2019 contra um câncer que, inicialmente, atingiu o trato digestivo. Nas últimas semanas, exames detectaram novos tumores no fígado, na estrutura da bacia e na coluna vertebral.


Veja também
+ Trombose após vacinação com AstraZeneca: Quais os sintomas e como se deve atuar?
+ Auxílio: Governo antecipa pagamento da terceira parcela; veja o calendário
+ Confira 5 cuidados para ter na hora de vender um carro
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Ex-polegar é atropelado após encontro com Bolsonaro