Economia

Para Fed, é excepcionalmente importante admitir que ventos contrários vão durar

Diretora do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), Lael Brainard afirmou nesta terça-feira, 14, que é “excepcionalmente importante” admitir que os ventos contrários para a economia americana durarão por um tempo. Nesse contexto, ela defendeu os apoios fiscal e monetário como cruciais para sustentar o quadro econômico, no contexto atual da pandemia.

Brainard falou em evento virtual da National Association for Business Economics (Nabe). Ao responder a questões, a diretora do Fed disse que a instituição está atenta aos riscos de que a inflação fique ainda mais baixa. “Precisamos evitar que as expectativas de inflação recuem”, notou, enfatizando a importância de que essas expectativas fiquem ancoradas, a fim de que o BC consiga atingir sua meta de 2% ao ano.

A diretora ainda comentou sobre a possibilidade de o Fed lançar mão de juros negativos. Segundo ela, ao se analisar os prós e contras, o instrumento “não é algo atraente para os EUA”.

Ela mencionou que os juros negativos poderiam, por exemplo, gerar impactos indesejados nos mercados monetários.

Veja também

+ Bolsonaro posta foto com filha e rebate crítica: “Já tomou Caracu hoje?”

+ Faça em casa receita de pudim com milho e leite condensado

+ Ex-capa da Playboy é presa acusada de tráfico de drogas em rede de prostituição

+ Com bumbum à mostra, Ivy Moraes filosofa no Instagram

+ Saiba por que as farmacêuticas vêm testar vacinas no Brasil

+ Namorada de Marco Verratti exibe fotos sensuais

+ Lívia Andrade posa de fio dental

+ Auxílio emergencial: Caixa credita hoje parcela para nascidos em janeiro

+ Google permite ver animais em 3D com realidade aumentada

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?