Economia

Pará cria lei que força escolas a darem desconto de 30% durante pandemia

Crédito: AFP/Arquivos

Imagem de uma sala de aula de escola primária de Dortmund, em 4 de maio de 2020 (Crédito: AFP/Arquivos)

O governo do Pará aprovou uma lei obrigando as instituições de ensino particular a oferecerem descontos de pelo menos 30% nas mensalidades durante o período da pandemia do coronavírus. Publicada no Diário Oficial do Estado nesta quinta-feira (28), a medida atinge do ensino infantil até o nível superior.

A aplicação do desconto deverá acontecer a partir do 60° dia de suspensão das aulas.

+ Bolsonaro diz que decisão de reabrir escolas é de governadores e prefeitos
+ Procon e escolas fecham acordo por descontos

Na Paraíba houve situação semelhante, com a diferença que o desconto só será aplicado nas instituições onde não houve uma compensação das aulas através da internet ou a disponibilização de algum tipo de conteúdo online.

Segundo o UOL, o cálculo do desconto será feito com base na quantidade de alunos matriculados em cada escola ou universidade, com única exceção para alunos com deficiência intelectual, visual, auditiva ou algum outro tipo de impedimento. Nesses casos o desconto chega a 50% da mensalidade.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?