Para combinar com o iate

Quem tem um Bentley na garagem é o tipo de pessoa que também possui um barco para chamar de seu. De olho nisso, a montadora britânica anunciou a linha especial Galene Edition para o seu modelo Continental GT, em referência à deusa grega dos mares calmos. Desenhado pela equipe de customizações da Bentley, a centenária Mulliner, em parceria com a fabricante de iates Princess Yachts, o modelo conversível tem um visual marítimo, com interior em madeira e pintura em cor de gelo. Apenas 30 exemplares serão vendidos. O preço ainda não foi definido pela montadora.

(Nota publicada na Edição 1030 da Revista Dinheiro)

Veja também

+ Pronampe: pedidos ao Sicoob somam R$ 500 mi em 1 dia, 41% do limite
+ Leilão tem Camaro por R$ 72 mil e Versa por R$ 22 mil
+ Gafanhotos: Bahia enfrenta nuvem de insetos
+ Modelo brasileira promete ficar nua se o Chelsea for campeão da Champions League
+ Cuide bem do seu motor, cuidando do óleo do motor
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança


Mais posts

O Fusca de US$ 290 mil

Já pensou em desembolsar quase US$ 300 mil por um Fusquinha com 56 anos de vida? Saiba que tem muita gente querendo. No site da [...]

Um Tarsila à venda

O ano era 1923. A pintora paulista Tarsila do Amaral estava curtindo uma temporada em Paris, ao lado do namorado, o escritor Oswald de [...]

O Lamborghini das águas

Fabricante de supercarros adorados em todo o planeta, a Lamborghini resolveu se aventurar na água. A companhia anunciou seu mais novo [...]

Com cheirinho de Prada

Indiscutivelmente uma das grifes de luxo mais respeitadas do mundo, a italiana Prada há muito expandiu seus limites para além das [...]

Monopusher Chronograph

Essas duas peças pertencem à mesma série, a Monopusher 1858, um dos pilares técnicos da marca. O nome remete ao fato de ambos possuírem [...]
Ver mais

Copyright © 2020 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.