Economia

Para BC, é possível que auxílio tenha tido papel na redução da inadimplência

O chefe do Departamento de Estatísticas do Banco Central, Fernando Rocha, afirmou nesta sexta-feira, 28, que “é possível que o auxílio emergencial tenha tido um papel na redução da inadimplência”. Em julho, conforme dados divulgados nesta data pelo BC, a inadimplência no crédito livre foi de 3,5%, abaixo dos 4,0% de maio e dos 3,7% de junho.



“Ao repor a renda, isso pode fazer com que a pessoa passe a ficar adimplente. No entanto, não temos elemento para quantificar isso. Mas é uma possibilidade”, afirmou.


Saiba mais
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ Andressa Urach pede dinheiro na internet: ‘Me ajudem a pagar a fatura do meu cartão’
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto

+ O economista Paulo Gala revela os caminhos para investir bem em 2022