Sustentabilidade

Papo responsável

Crédito: Divulgação

Para cuidar de todo o pilar S (social) de sua estratégia ESG, a Casas Bahia tem uma fundação que leva o mesmo nome. Hélio Muniz, Chief Communication Officer & ESG da Via e presidente da Fundação, falou à coluna:

ESG
“ESG é como a gente se relaciona com o mundo. Uma vez que consumo insumos deste mundo, preciso devolver algo a ele. Para essa balança ficar equilibrada, as empresas precisam ter um papel na sociedade. Na Via, somente em 2021, investimos R$ 9 milhões em projetos sociais, impactando 190 mil pessoas”.

PROPÓSITO
“A Fundação Casas Bahia nasceu há 60 anos como Fundação Monte Verde, na época uma iniciativa do Ponto Frio. Há alguns anos mudamos o nome e assumimos o propósito de fortalecer comunidades”.

COMO
“Uma das verticais mais importantes é o protagonismo jovem. Sempre em parceria com ONGs, patrocinamos capacitação de jovens em cursos profissionalizantes. Muitos deles acabam trabalhando conosco. Assim trago diversidade na veia para empresa. Também atuamos no empreendedorismo feminino e na incubação de startups”.

RESULTADO
“A Casas Bahia é Top of Mind no segmento. Mas ao estabelecermos uma relação além da venda, conseguindo incluir as pessoas no mercado de trabalho, criamos uma fidelidade muito grande com a empresa. É um ciclo de marca”.

(Nota publicada na edição 1277 da Revista Dinheiro)