Papo responsável

Crédito: Divulgação

Com apenas 22 anos, a brasileira Lana Weidgenant tem chamado atenção em Washington por sua luta pelo clima e por políticas mundiais para uma alimentação saudável e sustentável. Como ativista internacional, foi a responsável por realizar uma greve dos estudantes pelo clima nos EUA e agora prepara-se para a Cop26.

Qual sua agenda como ativista?
Comecei com uma atuação voltada a criação de políticas de alimentação saudável e sustentável. Aos poucos percebi uma correlação muito forte entre o modelo produtivo dos alimentos com o combate às mudanças climáticas. Juntar as duas lutas fazia sentido.



Quais são as principais metas?
Unir jovens estudantes para que eles pressionem os governantes de seus países a construírem políticas públicas para uma agricultura mais responsável e para o controle do aquecimento global. Foi por isso que levei o movimento da Greve dos Estudantes pelo Clima (School Strikes for Climates) aos EUA, estou associada a ONGs internacionais e participo de fóruns globais que defendem causas similares.

Como será sua atuação na Cop26?
Estamos trabalhando para atrair jovens para um evento que acontecerá antes da reunião principal. O objetivo é construir um documento com nossas demandas para a preservação do planeta e entregá-lo aos líderes que estarão na Cop 26. Afinal eles estarão discutindo o mundo que deixarão de herança para nós.

(Nota publicada na edição 1209 da Revista Dinheiro)

+ Especialista revela o segredo dos bilionários da bolsa. Inscreva-se agora e aprenda!





Sobre o autor


Mais colunas e blogs


Mais posts

Ver mais

Copyright ©2022 - Três Editorial Ltda.
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.